Topo

Fórmula 1


Diria que sei tudo sobre Schumacher, diz Jean Todt após visitas

Jean Marie Hervio / DPPI
Em entrevista, dirigente diz que relacionamento com família de Schumacher 'está mais próximo do que nunca' Imagem: Jean Marie Hervio / DPPI

Do UOL, em São Paulo

2018-12-20T18:18:39

20/12/2018 18h18

Pouco se sabe sobre a intimidade de Michael Schumacher desde seu acidente de esqui na França, em dezembro de 2013. Mas ao menos um homem fora da família do heptacampeão conhece detalhes de sua vida desde então: Jean Todt, chefe de equipe da Ferrari entre 1994 e 2007.

Em entrevista ao jornal alemão Bild, Todt - atual presidente da Federação Internacional de Automobilismo - afirmou ainda manter um relacionamento próximo com Schumacher e seus familiares.

"O relacionamento está mais próximo do que nunca", afirmou Todt. "Não posso falar por ele, mas eu diria que sei tudo sobre ele", acrescentou.

Leia também:

Sem entrar em detalhes a respeito da condição de Schumacher, o dirigente francês relembrou o fim de semana passado ao lado do amigo em novembro, quando ambos viram o GP do Brasil.

"Eu ainda tenho muito contato com Michael, vejo ele regularmente. Por exemplo: eu assisti ao Grande Prêmio do Brasil (...) na casa de Michael na Suíça. Toda a família tem um vínculo de amizade e confiança", descreveu.

Jean Todt não deu detalhes do presente de Michael Schumacher. Mas lembrou do passado, inclusive com visitas da família do piloto.

"Hoje, meu relacionamento com Corinna (mulher de Schumacher) e com os filhos também se tornou mais próximo. Lembro-me de como Michael costumava trazer seu filho (Mick) à Itália no passado. Ele dormiu na minha casa. Naquela época, eu tinha um jardim com galinhas, e Mick sempre caçava com minha esposa, Michelle. Hoje, ele é quase um homem adulto", lembrou.