Topo

Fórmula 1


Fernando Alonso se diz em "estado de choque" após morte de Charlie Whiting

Dan Istitene/Getty Images
Imagem: Dan Istitene/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

2019-03-14T17:22:18

14/03/2019 17h22

A morte de Charlie Whiting foi noticiada na noite de ontem (13) e deixou Fernando Alonso em estado de choque. O piloto não está mais na Fórmula 1, mas lamentou muito a morte do diretor de corridas da categoria.

"A notícia de Charlie Whiting me deixou em estado de choque. Hoje de manhã, quando eu soube da notícia, pensei que ele estivesse doente em casa ou no hospital. Depois me disseram que a morte foi repentina, em Melbourne", afirmou o espanhol.

O dirigente foi vítima de uma embolia pulmonar, e estava na Austrália para a abertura da temporada da Fórmula 1. Alonso falou sobre o tema diretamente de Sebring, nos Estados Unidos, onde correrá pelo Mundial de Endurance (WEC).

"Existem coisas na vida que nós não conseguimos entender. Neste momento de grande tristeza, envio meus sentimentos e muito apoio à família. Toda a minha trajetória na Fórmula 1 coincidiu com a dele. Vivi de perto o enorme trabalho e o empenho que ele teve pela segurança dos pilotos. Sentiremos muita falta", lamentou Alonso.

Xavier Bonilla/NurPhoto via Getty Images
Charlie Whiting morreu em Melbourne, na Austrália, aos 66 anos Imagem: Xavier Bonilla/NurPhoto via Getty Images