Topo

Fórmula 1


Vettel exalta pódio na China, mas lamenta não andar no ritmo da Mercedes

Aly Song/Reuters
Imagem: Aly Song/Reuters

Do UOL, em São Paulo

2019-04-14T07:10:47

14/04/2019 07h10

Sebastian Vettel bem que tentou, mas não conseguiu superar os pilotos da Mercedes no GP da China neste domingo, na corrida de número mil da Fórmula 1. Após largar em terceiro, Vettel precisou se preocupar com as investidas de Max Verstappen, da Red Bull, e Charles Leclerc, seu companheiro de Ferrari, e não conseguiu andar no mesmo ritmo que Lewis Hamilton e Valtteri Bottas.

"Estou feliz por estar no pódio, mas é duro porque nós tentamos ficar próximo deles (pilotos da Mercedes), mas não conseguimos. Eles foram velozes demais desde o começo. Eles foram muito rápidos para nós hoje, então parabéns a Lewis e Valtteri", disse Vettel.

No GP que entrou para a história da Fórmula 1, Vettel, quatro vezes campeão da categoria, terminou no pódio pela primeira vez na temporada. Na Austrália, o alemão terminou na quarta colocação, e no Barein, ficou em quinto. Vettel podia ter brigado com os pilotos da Mercedes, mas acabou tendo que afastar Verstappen e Leclerc da briga pelo terceiro lugar.

"Tive uma corrida particular com Max (Verstappen) que foi bem bacana, mas o objetivo era perseguir as Mercedes", lembrou Vettel.

Após largar na terceira colocação, Vettel foi ultrapassado por Leclerc logo na primeira curva. Na quarta posição, o alemão andava mais rápido que o jovem companheiro, e os engenheiros da Ferrari pediram para Leclerc deixar Vettel o ultrapassar. O jovem não ficou satisfeito, e chegou a reclamar, mas concedeu o terceiro lugar ao alemão.

Ferrari explica ordem durante a corrida

"Eu entendo o sentimento de Charles, foi uma pena para ele. Mas, nessa fase, as Mercedes estavam um pouco mais rápidas, acho que tentamos dar a Sebastian uma chance e ver se poderíamos igualar o ritmo da Mercedes, que era fundamental naquele estágio", disse Mattia Binotto, chefe da Ferrari, em entrevista à Sky Sports F1.

A Fórmula 1 volta no fim de semana do dia 28 de abril. A próxima parada é no GP do Azerbaijão, no Circuito da Cidade de Baku. A quarta corrida da categoria acontece às 09h10 (de Brasília).

Confira o resultado final do GP da China:

1) Lewis Hamilton (Mercedes/ING)
2) Valtteri Bottas (Mercedes/FIN)
3) Sebastian Vettel (Ferrari/ALE)
4) Max Verstappen (Red Bull/HOL)
5) Charles Leclerc (Ferrari/MON)
6) Pierre Gasly (Red Bull/FRA)
7) Daniel Ricciardo (Renault/AUS)
8) Sergio Perez (Racing Point/MEX)
9) Kimi Raikkonen (Alfa Romeo/FIN)
10) Alexander Albon (Toro Rosso/TAI)
11) Romain Grosjean (Haas/FRA)
12) Lance Stroll (Racing Point/CAN)
13) Kevin Magnussen (Haas/DIN)
14) Carlos Sainz (McLaren/ESP)
15) Antonio Giovinazzi (Alfa Romeo/ITA)
16) George Russell (Williams/ING)
17) Robert Kubica (Williams/POL)
18) Lando Norris (McLaren/ING)
19) Daniil Kvyat (Toro Rosso/RUS)
20) Nico Hulkenberg (Renault/ALE)