! Tribunal italiano decide abrir novo processo pela morte de Senna - 22/04/2005 - UOL Esporte - F-1
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  22/04/2005 - 14h59
Tribunal italiano decide abrir novo processo pela morte de Senna

Das agências internacionais
Em Roma (Itália)

O tribunal de apelações de Bologna, na Itália, decidiu abrir um novo processo para investigar a morte do piloto brasileiro Ayrton Senna, ocorrida no dia 1º de maio de 1994, durante o GP de San Marino da F-1.

Segundo fontes do poder judiciário italiano, a medida será oficializada no dia 11 de maio, pouco mais de 11 anos após a trágica morte do tricampeão mundial.

Indiciados por homícidio culposo, o chefe de equipe Frank Williams, o diretor esportivo Patrick Head e o projetista Adrian Newey foram absolvidos no primeiro processo.

Em janeiro de 2003, o tribunal supremo italiano invalidou um primeiro pedido de apelação contra a absolvição dos dirigentes da Williams.

A cúpula do poder judiciário, porém, devolveu o pedido ao tribunal de Bologna e formulou uma série de pontos que ainda não haviam sido esclarecidos sobre a responsabilidade dos acusados no acidente.

Senna liderava a corrida no circuito de Ímola quando saiu da pista na curva Tamburello e bateu sua Williams violentamente contra o muro de cimento. O brasileiro chegou a ser levado para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias