UOL Esporte UOL Esporte
UOL BUSCA

07/08/2007 - 16h17

Bate-papo UOL: Assista ao vídeo e leia a íntegra do Bate-papo com Mika Häkkinen

Da Redação
O finlandês Mika Häkkinen, bicampeão mundial de Fórmula 1, defendeu nesta terça-feira (7) o seu amigo e compatriota Kimi Räikkönen, piloto da Ferrari, que é acusado de ter problemas com o álcool. Em conversa no Bate-Papo UOL, Häkkinen disse que a imprensa exagera os excessos cometidos por Räikkönen.

Assista o vídeo e leia a íntegra do bate-papo com o ex-piloto. A conversa contou com a participação de 1616 internautas.



(02:21:34) Mika Häkkinen: Sobre o Movimento Piloto da Vez: Essa não é a primeira vez no Brasil, já estive em 1981. Este programa procura educar as pessoas para beber com responsabilidade e a nossa mensagem é se você for sair para um bar ou restaurante para conversar com amigos, esposa ou namorado para dirigir sóbrio e pilotar com segurança.

(02:17:58) Senna: De onde partiu o convite para você entrar na campanha do whisky Johnny Walker, o "Piloto da Vez"?
(02:23:51) Mika Häkkinen: Senna, o programa foi iniciado há um ano e meio atrás, o meu empresário me trouxe a idéia e eu achei fantástica. Hoje há muitos acidentes fatais envolvendo álcool e direção. A idéia é trabalharmos juntos nesta questão que é um problema global.

(02:18:30) camila: Como se deu seu envolvimento com o projeto? Quando sentiu a necessidade de conscientizar as pessoas?
(02:26:49) Mika Häkkinen: camila, eu reconheço que tenho muitos fãs espalhados pelo mundo e esta é uma oportunidade de dividir esta idéia positiva de não dirigir sob a influência do álcool. Hoje vemos nos jornais e revistas que as pessoas que morrem em consequência disso. Usar a minha imagem é extremamente positiva. A idéia não é para deixarem de beber, mas que não dirijam sob a influência do álcool.
(02:29:59) Adriana/UOL:

Mika Häkkinen ao vivo no Bate-papo UOL (crédito: Eduardo Piagentini/UOL)

(02:28:28) Mika Häkkinen: Sobre este trabalho: Eu tenho desenvolvido este trabalho em vários países e a reação das pessoas é bem parecida. Eu dirijo devagar e percebo que as pessoas têm levado a sério.

(02:18:46) kart 16: mika, é a primeira vez que vem ao Brasil fora os grandes prêmios de F-1
(02:29:09) Mika Häkkinen: kart 16, não é a primeira vez, eu vim no ano passado na época do grand prix para divulgar este programa. É muito bom estar aqui.

(02:22:24) UOL Esporte: No Brasil, 50 mil pessoas morrem por ano em acidentes de carro no Brasil. Como é a situação na Finlândia?
(02:31:23) Mika Häkkinen: UOL Esporte, eu não seria capaz de apontar o número exato, principalmente porque a diferença da população é muito grande, a população de lá é 5 milhões de pessoas. A mentalidade é diferente, aqui as pessoas dirigem mais rápido e tem muito mais mortos.

(02:26:20) Daniel Lima: Os resultados desta campanha tem sido expressivos?!
(02:33:00) Mika Häkkinen: Daniel Lima, eu acredito que a campanha tem sido um sucesso, faço há um ano e meio, um tempo curto para avaliar. Mas se uma pessoa mudar a sua atitude em relação a beber com responsabilidade e não dirigir sob a influência do álcool o programa já será um sucesso.

(02:27:04) BrunoOliveira: Assisti a matéria sobre o projeto Piloto da Vez hoje no Globo Esporte. Gostaria de saber se o que ele viu no Brasil, nos bares e etc é muito diferente do comportamento no resto do mundo...
(02:34:51) Mika Häkkinen: BrunoOliveira, no fundo a atitude é a mesma, poderia ser melhor não só no Brasil, mas em qualquer lugar do mundo. Eu trabalho neste programa com o objetivo de que os números não aumentem.

(02:27:22) UOL Esporte: O seu compatriota Kimi Raikkonen tem problemas com álcool. Você daria uma carona para ele?
(02:36:35) Mika Häkkinen: UOL Esporte, se ele pedisse uma carona eu daria, mas acho que dizer que ele tem um problema com álcool não é correto. Ele é jovem e gosta de se divertir e como todo jovem se excede. Os veículos de comunicação aumentam esta situação, o que não é verdade.
(02:33:54) Adriana/UOL:

Mika Häkkinen, que está no Brasil para divulgar a campanha "Piloto da Vez" (crédito: Eduardo Piagentini/UOL)

(02:29:37) murta: coe mika, voce pretende expandir esse projeto pelo mundo inteiro?
(02:37:20) Mika Häkkinen: murta, o plano é exatamente este, que o programa tenha um alcance global. Isto é uma coisa muito boa.

(02:31:14) juca: Mika, como é ser embaixador de uma causa tão importante quanto essa, que trata da mistura de direção e bebidas?
(02:39:02) Mika Häkkinen: juca, eu me sinto bem com o fato de ser um ex-piloto da Fórmula 1, um esporte que exige controle e precisão. Um esporte que beber e dirigir não combinam, acredito nisto como divulgação.

(02:31:30) UOL Esporte: Como você vê o atual momento da McLaren, com uma acirrada disputa interna entre Alonso e Hamilton?
(02:42:16) Mika Häkkinen: UOL Esporte, eu acredito que a situação é muito difícil para a equipe internamente. São dois pilotos no mesmo time que acabam empatando como um todo. Eu consigo entender esta situação. O Fernando por ser espanhol tem um sangue latino, quente, mas ele pode contornar isto. A longo prazo acredito que poderão contornar este problema.

(02:37:12) RICK: Mika, qual a sua visão sobre o futuro de Kimi na Ferrari?
(02:43:15) Mika Häkkinen: Rick, ele é meu compatriota e também amigo. Lhe desejo tudo de bom. A McLaren é uma equipe forte e a Ferrari por outro lado eu tenho dúvidas se consegue manter este desempenho.

(02:37:35) Thathá: Mika, boa tarde. Como você vê os pilotos atuais de F1 que são fotografados por paparazzi em baladas bebendo demais? Eles não acabam sendo um mal exemplo para as demais pessoas? Não só pilotos, mas as demais pessoas da mídia!
(02:46:24) Mika Häkkinen: Thathá, eu acredito que este problema não é só dos pilotos de F-1, mas de todas as pessoas que são famosas. Sempre há a imprensa ali para criar fofocas, criando mau uso da imagem para vender mais. Ratifico que se você for sair e beber deve pegar um táxi para ir para casa ou levar um amigo para dirigir.
(02:40:12) Adriana/UOL:

Ex-piloto Mika Häkkinen fala sobre sua vinda ao Brasil aos internautas do Bate-papo UOL (crédito: Eduardo Piagentini/UOL)

(02:38:37) UOL Esporte: Por que a Finlândia consegue produzir bons pilotos? Por que os outros países da Escandinávia não têm o mesmo sucesso?
(02:47:27) Mika Häkkinen: UOL Esporte, de fato os motoristas finlandeses são muito bons em rali, F-1 e outros esportes motorizados, mas é um segredo que não vou revelar.

(02:42:16) UOL Esporte: A equipe também foi acusada de espionagem. A F-1 hoje está pior do que na sua época?
(02:48:33) Mika Häkkinen: UOL Esporte, está ficando mais difícil, mais complicada e política, mas não gostaria de entrar neste assunto. Mas a resposta é sim.

(02:43:47) marceloprofessor: Mika Häkkinen, qual corrida você considera a mais marcante da sua época de F1?
(02:49:03) Mika Häkkinen: marceloprofessor, entre as muitas corridas, o grand prix de Mônaco foi o mais especial.

(02:44:03) Roberto Dias: Como você vê as tecnologias criadas pelas montadoras para impedir a partida do carro caso o motorista esteja alcoolizado?
(02:49:44) Mika Häkkinen: Roberto Dias, é fantástico. Não há nada de negativo a dizer sobre este desenvolvimento, é muito bom.

(02:46:56) Chapolin: Se você recebesse um convite irrecusável, voltaria a correr?
(02:51:23) Mika Häkkinen: Chapolin, teria que ser uma proposta maravilhosa. A F-1 é passado, eu tive ótimos resultados, foram momentos maravilhosos e seria difícil repetir tudo isso.

(02:47:47) Roberto Dias: Häkkinen, antes de estrelar esta campanha, você já dirigiu embriagado?
(02:51:39) Mika Häkkinen: Roberto Dias, não, nunca.

(02:48:58) Senna Forever: Fiquei muito feliz em saber da sua visita ao Brasil e mais ainda por uma causa tão nobre.

(02:49:11) Senna Forever: Durante a campanha, qual foi o país que o senhor considera que tem mais motoristas que dirigem embriagados?
(02:52:52) Mika Häkkinen: Senna Forever, a minha abordagem é diferente, não gostaria de apontar este ou aquele país. O meu papel é participar desta campanha educacional.
(02:50:04) Adriana/UOL:

Ex-piloto Mika Häkkinen fala sobre consumo consciente de bebida alcoólica no Bate-papo UOL (crédito: Eduardo Piagentini/UOL)

(02:51:48) UOL Esporte: Kimi Raikkonen agiu certo ao trocar a McLaren pela Ferrari?
(02:53:18) Mika Häkkinen: UOL Esporte, acho que a decisão foi errada.

(02:52:27) Murilo: qual foi o piloto que você se espelhou na Fórmula 1?
(02:55:32) Mika Häkkinen: Murilo, admiro muitos bons pilotos, mas é difícil citar um. Houve muitos bons pilotos no passado e no presente, mas nenhum que eu possa apontar. No Brasil acredito que o Senna foi o melhor.

(02:53:35) juca: Em 1995 vc sofreu um forte acidente no GP da Austrália. Nos anos seguintes, pilotar nessa pista o deixava apreensivo ?
(02:57:02) Mika Häkkinen: juca, por sorte, depois do acidente, em 1996, a corrida foi transferida para Melboure, então não passei por esta situação. Mas se eu tivesse que correr lá de novo seria um problema.

(02:54:11) Ivan: mika nos dias de hoje está havendo muita discussão fora das pistas entre os pilotos, na sua época tinha esses conflitos fora das pistas?
(02:57:51) Mika Häkkinen: Ivan, sim, com certeza alguns pilotos causaram problemas, mas nunca falamos sobre isso em público.

(02:56:29) JUn!nHO: Quem voce acha q vai ser o campeao dessa temporada??
(02:58:55) Mika Häkkinen: JUn!nHO, a minha resposta eu vou dar em outubro. Tem sido uma temporada bastante competitiva, mas só em outubro.

(02:57:50) Mfranca: Você já considerou passar para o lado administrativo da F1?
(03:02:57) Adriana/UOL:

O jornalista Vicente Toledo entrevista o ex-piloto Mika Häkkinen (crédio: Priscila Gomes)

(03:00:51) Mika Häkkinen: Mfranca, eu nunca pensei sobre isso. O mundo da F-1 é especial e com um número pequeno de pessoas. Se entrasse nisso eu passaria para um ciclo onde eu não poderia ter influência.

(02:58:03) Danilo: Qual temporada está sendo mais disputada, a desse ano ou a de 1999, em que você brigou até o fim com Coulthard, Irvine, Frentzen e Schumacher?
(03:01:38) Mika Häkkinen: Danilo, a competitividade é a mesma de hoje e desta temporada em especial.

(02:58:55) Cleyber: Como está sua experiencia no campeonato alemão de Turismo? Pretende ficar até quando pilotando por lá?
(03:03:18) Mika Häkkinen: Cleyber, eu não saberia dizer quanto tempo. Há vários pilotos novos com objetivo de ir para a F-1. Eu sou um senhor entre estes jovens todos e eu não saberia dizer até quando vou pilotar.

(02:59:21) LuisFT: Mika, existe plano de você testar pela Mclaren esse ano?
(03:03:30) Mika Häkkinen: LuisFT, não...
(03:04:01) Mika Häkkinen: Obrigado...
(03:04:06) Adriana/UOL: O Bate-papo UOL agradece a presença de Mika Häkkinen e de todos os internautas. Até o próximo!

Hospedagem: UOL Host