Topo

Fórmula 1

Red Bull substituirá motores Renault por Honda a partir de 2019

Aly Song/Reuters
Max Verstappen com a Red Bull durante GP da China Imagem: Aly Song/Reuters

19/06/2018 05h38

A Red Bull anunciou nesta terça-feira, por meio de seu principal representante, Christian Horner, a assinatura de um acordo para usar motores Honda nas temporadas 2019 e 2020 da Fórmula 1, substituindo a Renault.

"Trata-se de uma nova fase para a equipe Aston Martin Red Bull e o seu esforço não só por competir e vencer nos Grandes Prêmios, mas também com o título mundial como objetivo", disse o chefe da escuderia austríaca.

A Renault, que ainda continuará fornecendo os motores da Red Bull na atual temporada, também se pronunciou a respeito e lembrou que a parceria durou 12 anos com bons resultados.

"Dois anos depois do regresso da Renault como equipe de trabalho, consideramos que esta é uma evolução natural tanto para a Renault quanto para a Red  Bull  Racing tendo em vista as respectivas aspirações. Estamos orgulhosos dos resultados extraordinários obtidos nas últimas 12 temporadas, em particular, os quatro Mundiais de construtores e as 57 vitórias", destacou a Renault Sports em nota de imprensa, na qual admitiu estar centrada "na forte progressão da equipe Renault de Fórmula 1, além de seguir alimentando a nova relação com a McLaren".

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!