UOL Esporte Futebol Americano
 
05/12/2008 - 17h18

O.J. Simpson é condenado a 33 anos de prisão por assalto e seqüestro

Do UOL Esporte*
Em São Paulo
Ex-estrela da NFL (Liga de Futebol Americano dos Estados Unidos), O.J Simpson foi condenado a 33 anos de prisão por assalto a mão armada e seqüestro - ele ainda foi considerado culpado em outras dez acusações. A sentença foi definida nesta sexta-feira e inicialmente puniu o ex-astro com pelo menos 15 anos de reclusão. A defesa do ex-jogador tentava a pena mínima de seis anos.

Isaac Brekken/AP
Inocentado em 1995 em acusão de duplo homicídio, O.J Simpson é preso por assalto
NOTÍCIAS DE FUTEBOL AMERICANO
O ex-jogador de 61 anos ficou conhecido também por ter sido inocentado da acusação de duplo homicídio em 1995. No ano anterior, sua mulher Nicole Brown Simpson e seu amigo Ronald Goldman foram encontrados esfaqueados.

Mesmo após ter sido inocentado, Simpson ainda desperta sentimentos nos familiares de Goldman. O pai Fred e a irmã Kim compareceram ao julgamento nesta sexta-feira e se disseram felizes com a condenação. "Ron se foi para sempre. O que nós sentimos é satisfação por este monstro finalmente ir parar atrás das grades", disse Fred Goldman.

No mais recente escândalo, Simpson entrou com outros cinco homens armados em um cassino em Las Vegas para roubar suvenires esportivos, em setembro de 2007. A alegação do ex-jogador é que ele queria recuperar itens pessoais roubados anos antes.

"Isso é muito mais do que estupidez", afirmou o júri. Simpson se manteve sério durante o anúncio da pena, proferido pela juíza Jackie Glass. No entanto, momentos antes o ex-jogador dava indícios de choro quando falou sobre a tentativa de obter de volta pertences roubados.

"Eu não queria roubar nada de ninguém. Me desculpe, desculpe", repetia Simpson que se disse arrependido e confuso. A promotoria havia pedido 18 anos de prisão a Simpson e Clarence Stewart, condenado a 15 anos.

* Atualizado às 23h14, com agências internacionais

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host