UOL Esporte Futebol Americano
 
02/01/2009 - 10h00

Surpresa da temporada, Dolphins desafiam defesa dos Ravens nos playoffs

Do UOL Esporte
Em São Paulo
O Miami Dolphins terminou 2007 como a pior equipe da NFL, com apenas 1 vitórias em 16 jogos, e optou por uma reformulação completa. O badalado Bill Parcells, duas vezes campeão como técnico do New York Giants, assumiu a direção do clube, trouxe o técnico Tony Sparano e o quarterback Chad Pennington, dispensado pelo New York Jets.

NA LUTA PELO SUPER BOWL
AP
Chad Pannington é o líder da campanha inesperada do Miami Dolphins na NFL
AFP
Colts e Chargers voltam a se enfrentam no sábado. Na primeira fase, deu Colts.
Reuters
Em sua temporada de estréia, quarterback Matt Ryan levou os Falcons aos playoffs
LEIA MAIS SOBRE NFL
O início foi ruim com apenas dois triunfos em seis partidas. Mas a equipe foi se acertando, Pannington passou a comandar o ataque com muitos passes para touchdowns e os Dolphins asseguraram o lugar nos playoffs na última rodada da temporada regular ao vencer os Jets. O rótulo de saco de pancadas ficou assim com o Detroit Lions, que terminaram o ano com um histórico 0-16, sendo a primeira franquia a ter 0% desde que a Liga adotou o formato de 16 partidas na primeira fase.

Neste domingo, às 16 horas (de Brasília), o time de Miami põe a sua reação à prova contra o Baltimore Ravens, terceira melhor defesa da Liga e que teve as mesmas 11 vitórias em 16 jogos que os Dolphins. Porém, a partida será em Miami, já que a franquia do estado da Flórida venceu a divisão Leste da Liga Americana.

O fato de jogar em casa é a grande vantagem dos Dolphins, que costumam sofrer em partidas fora de seus domínios nesta época do ano. A maior dificuldade é a baixa temperatura que a equipe enfrenta e não está habituada. Neste domingo, a previsão é de 17º C em Miami, segundo o site do Weather Channel, bem diferente da temperatura de -6º C, prevista para Baltimore no mesmo dia.

Em campo, Pannington precisará mostrar criatividade para vencer a eficiente defesa dos Ravens liderada por Ed Reed, líder de interceptações na NFL, com nove passes pegos de adversários na temporada.

Ainda na Liga Americana, San Diego Chargers e Indianapolis Colts travam um duelo de dois dos mais eficientes quarterbacks da NFL. Em casa, Philip Rivers é o quinto com mais passes na temporada (4.009 jardas) e com 34 touchdowns ajudou os Chargers a vencerem os últimos quatro jogos para arrebatar o título da divisão Oeste. Além dos passes, as corridas de LaDainian Tomlinson são outras armas para buscar o triunfo.

Do outro lado, Peyton Manning foi essencial na reação dos Colts, que ganharam as últimas nove partidas disputadas, incluindo um confronto contra os Chagers (triunfo por 23 a 20), rival da partida deste sábado, às 23h.

No mesmo dia, os playoffs serão abertos com o confronto entre Arizona Cardinals e Atlanta Falcons, às 19h30, pela Liga Nacional. Apesar de jogar fora, os Falcons despontam como favoritos, pois vêm em ótimo momento (sete vitórias nos últimos nove jogos) e contam com o running back Michael Turner, responsável por 17 touchdowns e segundo na NFL com mais jardas conquistadas (1.699).

O problema é a inexperiência do quarterback Matt Ryan, de 23 anos, que faz sua temporada de estreia, ironicamente a maior virtude dos Cardinals, que têm Kurt Warner, de 37 anos e que foi campeão com o Saint Louis Rams em 2001. A equipe do Arizona sempre foi um dos sacos de pancadas da Liga, mas soube se aproveitar da fraca performance dos outros times da divisão Oeste para vencer e assegurar a ida aos playoffs, mesmo com quatro derrotas nas últimas seis partidas.

Fechando a primeira rodada dos playoffs, o domingo terá o duelo entre Philadelphia Eagles e Minnesota Vikings, às 19h30, em Minnesota. A exemplo do outro confronto da Liga Nacional, os visitantes estão embalados após a milagrosa classificação aos playoffs, quando arrasaram o Dallas Cowboys e contaram com uma improvável combinação de resultados.

Donovan McNabb tem mais uma chance de provar que pode se tornar um quarterback vencedor, e não apenas mais um jogador talentoso. Mas ele terá de superar a defesa dos Vikings, que contam com o retorno de Pat Williams, ausente nos últimos dois jogos. "Este time pode chegar bem mais longe, e isso que vamos mostrar", desabafou McNabb.

Os vencedores dos confrontos deste final de semana vão às semifinais das respectivas Ligas, etapa que já conta com Carolina Panthers, New York Giants (os dois melhores da Liga Nacional), Tennessee Titans e Pittsburgh Steelers (estes os melhores da Liga Americana). Os duelos da próxima fase, porém, só serão definidos após os jogos desta semana.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host