UOL Esporte Futebol Americano
 
25/08/2009 - 09h03

Placar em estádio do Dallas Cowboys gera polêmica na NFL

Da Folhapress
Em São Paulo
Dias antes da aguardada abertura de mais uma temporada, a NFL, liga profissional de futebol americano nos EUA, tem sido obrigada a lidar com um problema que envolve um telão e um moderno estádio. Mas que nada tem a ver com a discussão sobre replays de lances polêmicos, tão batida no "outro" futebol.

O que era para ser uma das maiores atrações do novo -e caríssimo- estádio do Dallas Cowboys está se transformando em um enorme mico. O gigantesco placar eletrônico de alta definição da nova arena da equipe virou problema para a realização de jogos.

Tudo por causa do tamanho da tela, um grande projetor em formato wide screen, com 60 metros de largura por 25 m de comprimento. As dimensões extraordinárias da tela se mostraram um obstáculo para uma jogada muito comum no esporte. É o "punt", um lance que ocorre quando um time não consegue avançar as dez jardas nas três primeiras das quatro tentativas que tem para fazê-lo e opta por se livrar da bola, fazendo o adversário começar seu ataque o mais longe possível da zona de pontuação (chamada "end zone").

A intenção de quem faz um 'punt" é chutar a bola o mais longe possível, mas também o mais alto possível, para mantê-la no ar tempo o suficiente para que seus defensores avancem em direção ao ataque adversário. No novo Cowboys Stadium, porém, isso se tornou inviável. No jogo do último dia 21, entre o time da casa e o Tennessee Titans, foram diversas as vezes em que "punts" acertaram o gigante placar eletrônico high-tech dos Cowboys.

O caso irritou a NFL, que, pega de surpresa, ainda estuda qual medida tomará. Por enquanto, a entidade diz que continuará a "monitorar o caso" mas que, se achar necessário, pode pedir reformas de adequação no estádio.

Para a equipe dona da arena, essa hipótese mais radical significaria um grande vexame, já que o custo da construção foi altíssimo. Erguido na cidade de Arlington, no Estado do Texas, o novo Cowboys Stadium custou cerca de US$ 1,3 bilhão (quase R$ 2,5 bilhões).

Tanto quanto a cúpula da NFL, a diretoria do Dallas Cowboys também se disse surpresa com a constância com que a bola atingiu o telão. Durante a elaboração e construção da arena, a franquia tomou cuidados que pareciam ser suficientes para evitar esse tipo de transtorno.

O telão, apesar de suas medidas descomunais, foi fixado no centro da arena, 27 metros acima do campo, 1,5 m mais alto do que a altura mínima exigida pela liga.

O Dallas tomou ainda o cuidado de realizar testes práticos. Com a ajuda de seu 'punter" (jogador especializado nesse tipo de chute), aferiu que um chute poderia chegar até 30 metros. Porém, considerou que a maioria dos chutadores tem habilidade suficiente para fazer a bola passar ao lado do telão, apesar da largura fora dos padrões.

'Não estou preocupado com isso", disse Jerry Jones, proprietário do Dallas Cowboys. "Estou muito confortável com a altura do nosso placar eletrônico", concluiu.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host