UOL Esporte Futebol Americano
 
01/01/2010 - 19h25

Grupo contra pedofilia reclama de participação do The Who no Super Bowl

Das agências internacionais
Na Flórida (EUA)
  • Guitarrista Pete Townshend já foi preso por posse de pornografia

    Guitarrista Pete Townshend já foi preso por posse de pornografia

A participação do The Who no intervalo do Super Bowl 2010 já começou a causar polêmica, mais de um mês antes do show. Um grupo do sul da Flórida de prevenção à pedofilia é totalmente contrário à performance do guitarrista Pete Townshend, detido em 2003 pela polícia britânica por posse de pornografia infantil e por acessar sites que contêm imagem de abuso sexual de crianças.

O fundador e líder do grupo de Pompano Beach fez questão de destacar a um jornal local que sua oposição é apenas a Townshend, e não a todo o The Who.

“Eu sou um grande fã da banda, cresci ouvindo The Who. Pete Townshend é o único problema”, declarou Evin Daly ao South Florida Sun Sentinel. “A questão é que ele passa uma mensagem errada às famílias americanas”.

Apesar das reclamações, a organização do Super Bowl, tradicional final da temporada do futebol americano, já avisou que Townshend e o The Who estarão sim no intervalo do Superbowl no dia 7 de fevereiro.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host