UOL Esporte Futebol Americano
 
10/01/2010 - 23h11

Com Brady apagado, Patriots caem; Cardinals vencem na prorrogação

Do UOL Esporte
Em São Paulo

O quarterback Tom Brady não correspondeu à expectativa dos torcedores do New England Patriots e não conseguiu levar sua equipe à segunda fase dos playoffs da NFL. Neste domingo, o marido da modelo brasileira Gisele Bündchen viu o Baltimore Ravens vencer por 33 a 14 e avançar na competição. No outro jogo do dia, o Arizona Cardinals precisou da prorrogação para eliminar o Green Bay Packers por 51 a 45 em um confronto emocionante.

JOGOS DE DOMINGO NOS PLAYOFFS

  • AP

    Tom Brady (sentado) é consolado por Pierre Woods

  • EFE

    Hightower (34) comemora touchdown dos Cardinals

Brady, que sofreu sua primeira derrota da carreira em casa na fase de playoffs da NFL, cometeu três erros durante o jogo. O astro dos Patriots desperdiçou uma posse de bola e teve três passes interceptados ao longo do jogo, permitindo que os visitantes abrissem 24 a 0 rapidamente.

Sem forças para reagir, os Patriots ainda viram Ray Rice brilhar na partida, com dois touchdowns concretizados a favor dos Ravens. Um deles, após percorrer 83 jardas. “Essa jogada abriu o caminho para a nossa vitória”, disse Rice.

“Parece que não viemos para campo. Não tivemos chances da primeira até a última jogada”, declarou Vince Wilfork, dos Patriots. “Não tivemos uma atuação digna de playoff, a impressão era de que ainda estávamos na pré-temporada”, acrescentou.

Coma vitória, os Ravens avançaram para o confronto com o Indianapolis Colts, na etapa seguinte dos playoffs da NFL, em jogo marcado para as 23h (de Brasília) do próximo sábado.

Sofrido

No outro jogo de playoff deste domingo, o Arizona Cardinals quase jogou fora a vaga na segunda rodada. Em casa, o time chegou a ter 31 a 7 de vantagem na partida sobre o Green Bay Packers, mas permitiu o empate durante os dois quartos decisivos. Na prorrogação, porém, os anfitriões conseguiram o touchdown decisivo em um contragolpe.

Os Cardinals abriram 17 a 0 sobre os Packers logo nos primeiros minutos, com touchdowns a 11min e a 9min do final do quarto inicial, e conseguiram ampliar essa diferença ao longo do segundo quarto e no início do terceiro para 31 a 7.

O Green Bay, que teve uma defesa vulnerável até então, acordou, reagiu nos dois últimos quartos e forçou o empate por 38 a 38 e, depois, 45 a 45. Na última posse de bola do tempo regulamentar, os Cardinals se prepararam para comemorar a vitória quando Neil Rackers teve a chance de efetuar um chute de 37 jardas. O astro do time, porém, mandou para fora, e a prorrogação precisou ser jogada.

O herói do jogo foi Karlos Dansby. Depois que Michael Adams forçou um fumble do quarterback Aaron Rogers, do Green Bay, Dansby recuperou a bola e correu para o touchdown da vitória dos Cardinals.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host