UOL Esporte Futebol Americano
 
18/08/2010 - 20h14

Brett Favre alega dívida com os Vikings e retorna para sua 20ª temporada na NFL

Do UOL Esporte
Em São Paulo
  • Vencedor por três vezes do título de MVP da NFL, o quarterback Brett Favre retornou aos treinos do Minnesota Vikings para sua 20ª temporada. O jogador, que fará 41 anos em outubro deste ano, foi convencido pelos colegas de equipe e afirmou ter uma dívida com a organização para alcançar o Superbowl

    Vencedor por três vezes do título de MVP da NFL, o quarterback Brett Favre retornou aos treinos do Minnesota Vikings para sua 20ª temporada. O jogador, que fará 41 anos em outubro deste ano, foi convencido pelos colegas de equipe e afirmou ter uma "dívida" com a organização para alcançar o Superbowl

O quarterback Brett Favre treinou normalmente com a equipe do Minessota Vikings nesta quarta-feira. Aos 40 anos de idade, o veterano havia cogitado se aposentar do futebol americano e chegou a comentar isso com alguns colegas, mas foi justamente a visita de três companheiros e uma "dívida" com a equipe que convenceram o três vezes MVP da NFL do contrário.

Os Vikings enviaram Steve Hutchinson, Jared Allen e Ryan Longwell, três dos melhores amigos de Favre no time, para tentar convencê-lo a voltar aos treinos ou desejá-lo uma feliz aposentadoria. A estratégia funcionou e menos de 24 horas depois o quarterback estava novamente em campo treinando com seus companheiros.

“Nós lhe dissemos o quanto todos adoramos jogar com ele e que adoraríamos fazê-lo novamente. Nós também dissemos que se ele quisesse fazer isso [se aposentar], então parabéns. Você merece. Você teve uma incrível carreira, mas nós temos que saber qual será sua decisão”, disse Hutchinson.

A decisão de disputar sua 20ª temporada foi bem pensada. Depois da frustrada derrota na semifinal contra o New Orleans Saints, em que teve um passe interceptado na prorrogação, comprometendo a ida de sua equipe para o Superbowl de 2010, o quarterback chegou a enviar mensagens de textos a alguns colegas afirmando que não voltaria nesta temporada. “Eu poderia fazer um caso para ambos, jogar e não jogar. Este é um time muito bom, as chances aqui são muito maiores que em outros lugares. Desse ponto de vista, seria sempre mais fácil retornar”, declarou Favre em entrevista coletiva.

A ironia é que o erro crucial foi o último ato de uma das melhores temporadas da carreira deste jogador que em outubro deste completará 41 anos de idade. “Eu estava tão perto, tão perto de levar esses caras ao Superbowl. Eu devo a essa organização arriscar mais uma tentativa”, admitiu.

No ano passado, Brett Favre também deixou de participar dos primeiros treinos da equipe no ano. Em seguida, realizou uma das melhores temporadas de sua vida. Ele alcançou recordes pessoais em porcentagem de passes completos (68,4%), menos números de interceptações e passou para 4.202 jardas.
 

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host