Ataques a redes de comunicação podem afetar Super Bowl, diz FBI

Do UOL, em São Paulo

  • Eric Risberg/AP Photo

    Memorando diz que ataques podem danificar comunicações na região do Levi's Stadium

    Memorando diz que ataques podem danificar comunicações na região do Levi's Stadium

Autoridades dos Estados Unidos estudam a possibilidade de um ataque ao sistema de telecomunicações durante o Super Bowl 50. A informação foi divulgada nesta segunda-feira pelo site da emissora NBC.

Segundo o veículo, recentes ataques à rede de fibra ótica da Califórnia poderiam estar conectados a uma "trama mais complexa". A possibilidade envolveria o jogo que decidirá a temporada 2015 da NFL no dia 7 de fevereiro, na cidade de Santa Clara (região metropolitana de San Francisco).

Nos primeiros incidentes registrados, pelo menos 15 cabos de fibra ótica apareceram rompidos entre julho de 2014 e julho de 2015 nas cidades de San José (a 8 km do estádio), Fremont e Walnut Creek. O caso não tem, segundo a imprensa, uma motivação específica.

Segundo um memorando do FBI citado pela NBC, os atos podem afetar a transmissão do Super Bowl, caso sigam ocorrendo nas próximas semanas. Por enquanto, porém, as informações disponíveis não colocam o evento em risco.

O documento diz que os ataques às redes de fibra ótica "aumentam a preocupação a respeito de indivíduos que podem usar estes incidentes para testar a durabilidade da rede, ligando-se a uma trama mais complexa".

A própria NFL já se mostra atenta ao caso. Brian McCarthy, porta-voz da liga, afirmou que a equipe de tecnologia da informação para o Super Bowl se mantém "no mais elevado alerta", desde os ataques às Torres Gêmeas em 2001.

"Temos trabalhado por mais de um ano com o reforço de parceiros legais em níveis federal, estadual e local na preparação para o Super Bowl 50", disse McCarthy.



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos