Ex-jogador universitário é julgado por filmar namorada sendo estuprada

Do UOL, em São Paulo

  • Samuel M. Simpkins/The Tennessean via AP

    Brandon Vandenburg é julgado por participar de estupro da ex-namorada

    Brandon Vandenburg é julgado por participar de estupro da ex-namorada

Um ex-jogador universitário de futebol americano está sendo julgado por encorajar três colegas de time a estuprar sua namorada inconsciente e filmar o ato. Brandon Vandenburg, 22 anos, teria cometido o crime em 2013, quando jogava pela equipe da universidade de Vanderbilt, no Tennessee. As informações são da TV americana CBS.

Segundo o promotor do caso, Vandenburg não teve relações sexuais com a vítima, mas deve ser considerado responsável pelo crime por ter estimulado os outros homens a estuprá-la, inclusive distribuindo preservativos a eles, além de filmar e tirar fotos do episódio.

A defesa de Vandenburg sustenta que apenas os outros três jogadores devem ser considerados culpados, já que seu cliente era "um garoto de 19 anos recém-chegado de uma cidade pequena da Califórnia, que havia sido introduzido a uma cultura de bebida e festas por mentores do time de futebol americano".

Segundo o advogado, Vandenburg pediu ajuda aos outros jogadores para levar sua namorada inconsciente até seu quarto, e os três homens atacaram a mulher de 21 anos quando chegaram lá.

Vandenburg e um ex-colega de time, Cory Batey, já haviam sido considerados culpados no ano passado, mas os vereditos foram anulados depois que os advogados descobriram que o líder do júri havia sido vítima de estupro no passado, quando era menor de idade.

Batey já passou por novo julgamento em abril e voltou a ser condenado. Já os outros dois homens envolvidos no caso ainda não foram julgados.



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos