Ex-jogador da NFL é morto a tiros, e filho adolescente é principal suspeito

Do UOL, em São Paulo

Ex-jogador do Miami Dolphins, da NFL, Antonio Armstrong foi assassinado a tiros junto a sua esposa, Dawn, na última sexta-feira (30). Investigações policiais apontam como único suspeito do crime um dos filhos do casal, de 16 anos.

Os assassinatos aconteceram na casa da família, no estado do Texas, nos Estados Unidos, durante a madrugada. Segundo as autoridades, o adolescente efetuou os disparos e em seguida ligou para a polícia alegando que o assassino seria um homem mascarado que teria invadido a casa da família. A possibilidade logo foi descartada pelos investigadores.

O suspeito de 16 anos está sob custódia policial e não teve seu nome revelado. Os outros dois filhos do casal dormiam quando o crime ocorreu. Dawn Armstrong morreu no local do crime, enquanto Antonio levou um tiro na cabeça e, mesmo levado ao hospital, não sobreviveu ao disparo. O casal tinha 42 anos.

O ex-atleta foi linebacker (jogador de defesa) do Miami Dolphins em 1995, o único ano em que conseguiu estar no elenco de uma franquia da NFL. Ele ainda chegou a treinar no San Francisco 49ers e no Sr. Louis Rams.



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos