Mulher de kicker sugere castração de defensor que atingiu marido em jogo

Do UOL, em São Paulo

  • Otto Greule Jr/Getty Images/AFP

Um lance da partida da noite de segunda-feira (8) da NFL causou polêmica dentro e fora de campo. Na jogada que antecedeu o intervalo do duelo entre Seattle Seahawks e Buffalo Bills no CenturyLink Field, o cornerback Richard Sherman queimou a largada numa batida de field goal do time visitante e bloqueou o chute do kicker Dan Carpenter.

Os juízes marcaram a infração, mas se equivocaram, pois Sherman também atingiu o adversário no joelho e forçou o atendimento médico ao jogador. O lance qualificaria uma falta pessoal por exagero na força, o que permitiria que Carpenter voltasse a campo para a jogada seguinte, após avaliação médica.

Como a falta apontada foi a queimada de largada do defensor dos Seahawks, Carpenter foi obrigado a perder o lance seguinte. Os Bills, então, tiveram que fazer um "spike" (jogar a bola no chão após o snap) para parar o relógio e ter a chance de chutar de novo. Na segunda tentativa, de 54 jardas, Carpenter errou o alvo.

Os Bills acabaram derrotados por 31 a 25, sendo aquele o único erro de Carpenter. A agressão de Sherman não caiu bem com Kaela Carpenter, mulher do kicker, que soltou um comentário ácido no Twitter: "Eu sei o que fazemos na fazenda quando um macho não consegue controlar sua própria raiva", escreveu Kaela Carpenter, publicando em conjunto a foto de um alicate para castração bovina.

 

Após o jogo, o técnico Rex Ryan criticou a atitude de Sherman. "O cara é um grande jogador. Acho que ele agrediu nosso kicker. Foi uma jogada ridícula, sem dúvidas. Acho que não foi tão ruim quanto eu pensei. Depois ele vai para a lateral, provocando a gente. Então eu tinha algumas palavras. Acho que disse: 'você é um jogador bom demais para agir como um idiota'", afirmou.

Sherman se defendeu das acusações em seu site oficial. "Eu fui bloquear o chute. Não vou deixar ele converter um chute. Quando eles marcaram offside (a falta), eu não ia deixar ele ter uma jogada livre. Não é assim que eu jogo. Então eu joguei até assoprarem o apito", argumentou o defensor, que disse ter ido só na bola.

Quer receber notícias de futebol americano de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos