Buffalo Bills decide banir torcedor que jogou brinquedo sexual no campo

Do UOL, em São Paulo

  • Twitter/Reprodução

A diretoria do Buffalo Bills decidiu banir o torcedor que atitou um brinquedo sexual em campo no último dia 30, durante a partida contra New England Patriots. A decisão foi divulgada pelo vice-presidente de operações da franquia.

"Por sorte, ninguém se machucou, nenhum dos nossos jogadores pisou nele e torceu o joelho", disse Andy Major em nota.

Chris Hogan foi derrubado pela defesa adversária. Até aí, nada estranho. No entanto, enquanto ele caía no chão, um "dildo" foi jogado das arquibancadas logo ao lado dos jogadores. A solução para o problema? Um dos árbitros chutou o brinquedo sexual discretamente para fora do gramado.
 


Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos