Comercial de cerveja no Superbowl apoia imigrantes e gera boicote; assista

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação

Um comercial de cerveja que passará no intervalo do Superbowl neste domingo (05) virou polêmica entre os norte-americanos. A Budweiser lança uma peça publicitária que faz analogia à atual condição dos refugiados que chegam aos Estados Unidos e tem sofrido com o preconceito. O posicionamento gerou um boicote por parte dos que apoiam a política contra imigrantes.

A propaganda tem 60 segundos e conta a história de um imigrante que chega aos EUA. O homem é alemão, como os fundadores da cerveja, e enfrenta uma série de obstáculos para construir a vida no novo país. A mensagem é significativa em tempos de radicalismo, pois os Estados Unidos debatem ações consideradas xenófobas de seu presidente Donald Trump. O assunto divide o país.

O governo dos EUA argumenta que a chegada de muçulmanos põe em jogo a segurança dos Estados Unidos e na última semana proibiu a entrada de imigrantes de sete países majoritariamente islâmicos. A decisão é tomada durante uma crise de refugiados que fogem, por exemplo, da guerra civil da Síria.

Apesar de inspirar a comunhão entre os povos, o posicionamento da Budweiser irritou parte dos norte-americanos que aprovam a política de exclusão de Trump. Tanto que o assunto gerou uma hashtag de boicote à marca nas redes sociais. As mensagens de ódio são muitas. "Sim, a América foi construída por imigrantes, mas não este lixo do Oriente Médio", escreve um.



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos