Brady ressurge, lidera virada épica e Patriots são campeões na prorrogação

Do UOL, em São Paulo

Tom Brady teve um primeiro tempo para esquecer. Foi sacado. Interceptado para touchdown. E viu seu time ficar sob desvantagem de 28 a 3. Mas "renasceu" no Super Bowl 51, liderou uma virada épica e o New England Patriots venceu o Atlanta Falcons por 34 a 28 na prorrogação – a primeira na história da decisão da NFL. 

Brady e os Patriots chegam, assim, ao pentacampeonato do futebol americano. E o quarterbarck de 39 anos se torna o primeiro com cinco títulos da NFL. Na madrugada desta segunda (6), ele foi eleito pela quarta vez o MVP do Super Bowl. Nunca uma equipe que perdia por mais de 10 pontos havia virado uma decisão. Histórico!

"Este foi sem dúvida o título mais especial de todos", definiu numa frase o técnico dos Patriots, Bill Belichick. 

Lady Gaga brilha no show do intervalo

Kevin Jairaj-USA TODAY Sports

Lady Gaga brilhou por cerca de 12 minutos no show do intervalo do Super Bowl 51. O espetáculo começou com ela "voando" sobre o público, numa entrada pendurada em cabos de aço. Ela cantou sucessos como "This Land Is Your Land", "Poker Face" e "Just Dance". Esta foi a primeira apresentação completamente solo de Lady Gaga em 7 anos. O último artista que não havia recebido convidados no show do intervalo do Super Bowl foi a banda The Who, em 2010.

Famosos e personalidades marcam presença no Texas

Reprodução/Instagram

Como de costume, o Super Bowl contou com a presença de diversas estrelas e personalidades dos EUA e do mundo. O brasileiro Kaká, o ex-jogador de basquete chinês Yao Ming e o cantor Usher foram só alguns dos famosos que foram ao Texas assistir Patriots x Falcons. Se Donald Trump não deu as caras no Texas, o vice-presidente Mike Pence esteve presente.  

Ex-presidente dos EUA sorteia saída de bola

AP Photo/David J. Phillip

O 41º presidente dos EUA, George Herbert Walker Bush, pai de George Bush, que também foi presidente do país, foi um dos destaques do Super Bowl 51. De cadeira de rodas e acompanhado por Barbara Bush, ele lançou a moeda que sorteou a saída de bola de Patriots x Falcons. A entrada do casal no gramado foi muito aplaudida no Texas.

Falcons atropelam no 1º tempo, mas Brady 'ressurge'   

Photo by Al Bello/Getty Image

O primeiro quarto foi das defesas e terminou com o placar zerado. Tom Brady foi sacado duas vezes e não encontrou os recebedores dos Patriots, enquanto Matt Ryan também não conseguiu liderar o ataque dos Falcons. Foram quatros punts e pouca emoção no início do Super Bowl. Mas logo tudo mudaria.

A defesa dos Falcons continuou agressiva no início do segundo período e impôs um fumble aos Patriots na primeira posse. A equipe de Atlanta então começou a série de ótimas campanhas terrestres e conseguiu o primeiro touchdown com Devonta Freeman. O ataque dos Patriots seguiu sofrendo. Após frear nova campanha de Brady e companhia, os Falcons viram o MVP da temporada Matt Ryan brilhar com um lindo passe para Austin Hooper anotar o segundo touchdown antes do minuto 8 do segundo período.

Quando parecia que o Patriots iria reagir, a poucos metros da endzone rival, Tom Brady cometeu erro grave e teve lançamento interceptado por Robert Alford, que correu quase todo campo para cravar o terceiro touchdown dos Falcons antes do intervalo. Um passeio do time de Atlanta no segundo quarto. Nos segundos finais, os Patriots ainda conseguiram diminuir o prejuízo com um fieldgoal: 21 a 3 no primeiro tempo.

Num verdadeiro atropelo, os Falcons fizeram o quarto touchdown no início do terceiro quarto. Tevin Coleman foi lançado por Matt Ryan e ampliou o placar para 28 a 3. Os Patriots ainda tentaram buscar a reação, anotando seu primeiro touchdown com James White, que entrou na endzone após ser lançado por Brady. Mas Gostkowski errou o chute de conversão. Nada dava certo para os então campeões. Mais uma vez, porém, tudo mudaria.

No quarto período, Brady e os Patriots enfim acordaram. Primeiro, anotaram mais um fieldgoal, diminuindo a diferença para 28 a 12. Em seguida, barraram o ataque dos Falcons e anotaram mais um touchdown, com Amendola, após ser lançado por Brady. Eles arriscaram a conversão de dois pontos, com sucesso. Resultado: 28 a 20 e emoção no final do Super Bowl.

E o que parecia impossível aconteceu. Sob comando de Brady, impecável no segundo tempo do Super Bowl, os Patriots conseguiram mais um touchdown e uma nova conversão de dois pontos. Tudo igual em 28 pontos e a primeira prorrogação da história da final da NFL. Se tudo antes dava errado para os Patriots, tudo começou a dar certo. E o cara ou coroa colocou a bola nas mãos de Tom Brady. Nos primeiros minutos do tempo extra, James White converteu o touchdown que deu o quinto título para os Patriots - todos na "era Brady". 

Veja também



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos