Time da NFL abre mão de astro que ganharia US$ 2 milhões por mês

Do UOL, em São Paulo

  • Tom Pennington/Getty Images/AFP

    Romo em ação pelo Dallas contra o Detroit Lions

    Romo em ação pelo Dallas contra o Detroit Lions

O Dallas Cowboys vai liberar nesta quinta-feira o quarterbabck Tony Romo, que defende a franquia desde a sua entrada na NFL, em 2003. É isso o que noticiam diversos veículos da imprensa americana.

Na próxima temporada, Romo ganharia um salário dos Cowboys de US$ 24,7 milhões (R$ 78,01 milhões), o maior entre todos os atletas na liga.

Por problemas de lesão, Romo perdeu o início da temporada de 2016 e quando estava recuperado virou opção no banco de reservas, tendo entrado em apenas uma de 17 partidas da equipe.

Ainda de acordo com a imprensa americana, o Denver Broncos ou o Houston Texans são os destinos mais prováveis do atleta.

Aos 36 anos de idade, Romo jamais disputou um Super Bowl. Ele esteve quatro vezes no Jogo das Estrelas, o Pro Bowl.

 



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos