Esporte

Brady alega motivo pessoal e não visitará Trump em cerimônia na Casa Branca

Donna Connor/WireImage
Tom Brady é amigo de Donald Trump, mas não estará na cerimônia na Casa Branca Imagem: Donna Connor/WireImage

Do UOl, em São Paulo

19/04/2017 12h17

O quarterback Tom Brady alegou motivos pessoais para não comparecer ao encontro dos jogadores do New England Patriots com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. A cerimônia ocorrerá na Casa Branca, nesta quarta-feira.

Brady é amigo de Trump. O jogador preferiu não detalhar o motivo de sua ausência. A imprensa norte-americana acredita que a razão possa ser o estado de saúde da mãe de Brady, que tem câncer.

“À luz de alguns desenvolvimentos recentes, eu não poderei comparecer à cerimônia. Eu estarei atendendo algumas questões familiares”, destacou Brady.

De acordo com o presidente do Patriots, Bob Kraft, a mãe de Brady, Galynn faz tratamento há 18 meses contra o câncer, realizando sessões de quimioterapia. O marido de Gisele Bundchen não comenta assuntos relacionados à mãe.

Nos EUA, é tradição os times campeões da NFL serem recebidos pelo presidente do país. Durante a semana, alguns atletas do New England Patriots ameaçaram não comparecer ao encontro na Casa Branca em virtude de divergências quanto à política adotada por Trump. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo