Topo

Esporte


Audiência cresce, e ESPN lidera TV paga durante Super Bowl

Elsa/Getty Images/AFP
Comemoração do New England Patriots no Super Bowl 2019 Imagem: Elsa/Getty Images/AFP

do UOL, em São Paulo

2019-02-05T11:42:37

05/02/2019 11h42

A transmissão do Super Bowl rendeu bons números à ESPN. A emissora foi a mais assistida durante a final da NFL, que aconteceu neste domingo (03) e terminou com a vitória do New England Patriots sobre o Los Angeles Rams. A audiência do canal subiu 32% em relação a 2018, segundo dados recebidos com exclusividade pelo UOL Esporte.

O tempo de permanência dos telespectadores em frente à TV também creceu para 1h33, número 13% superior no comparativo com o ano anterior.

A audiência também foi interessante no digital. O WatchESPN atingiu o maior desempenho de todos os tempos. O streaming da emissora cresceu 40% em relação ao Super Bowl de 2018. Já o site ESPN.com.br viu o número de visitantes únicos crescer 61%.

"O crescimento de audiência na TV e no digital reforça o comportamento de consumo multiplataforma dos fãs de esportes. Os números comprovam que as plataformas atuam de maneira complementar e não excludentes", destaca German Hartenstein, diretor geral da ESPN no Brasil.

O Super Bowl também foi exibido nos cinemas. Ao todo, o jogo foi transmitido em 113 salas espalhadas por 59 cidades do Brasil.

Mais Esporte