Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://esporte.uol.com.br/futebol/album/2013/04/05/falta-de-dinheiro-de-apoio-de-pontaria-entenda-os-motivos-para-tulio-ainda-perseguir-o-gol-1000.htm
  • totalImagens: 18
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20130405060000
Fotos

Falta de dinheiro, de apoio, de pontaria... Entenda os motivos para Túlio ainda perseguir o gol 1.000 Fernando Soutello/Agif Mais

Túlio Maravilha chega ao gol de número 993 e fica a sete do milésimo. No dia seguinte, o atacante marca uma reunião para selar sua volta ao Botafogo. Porém, o retorno não foi tão rápido. Alexandro Auler/AE Mais

Túlio voltou ao Botafogo apenas três meses após fazer o gol de número 993. O Alvinegro criou um projeto chamado de "Túlio a 1000 - 7 gols de solidariedade". O atacante foi apresentado na sede com direito a grande festa da torcida Fernando Soutello/Agif Mais

Logo no primeiro amistoso, o Botafogo prova o que seria seu principal problema: conseguir adversários. O clube não quer gastar dinheiro com o projeto e busca empresários dispostos a arcar com as despesas. O primeiro jogo seria contra o Tupi, que voltou atrás após conhecer o valor que gastaria Wagner Meier/Agif Mais

Ao ser apresentado, Túlio recebeu a promessa do Botafogo que seria inscrito no Brasileiro e que o milésimo poderia ocorrer em um jogo oficial. Porém, a diretoria volta atrás e deixa o atacante furioso. O jogador usa o Twitter para criticar. Esta não seria a única vez. Wagner Meier/Agif Mais

Túlio usa novamente o Twitter para reclamar. Dessa vez, o alvo é a demora para marcar o primeiro jogo do projeto. "Estou desanimado! Seis meses sem jogar. Uma das coisas que mais amo nessa vida! E que faço muito bem". Wagner Meier/Agif Mais

Túlio conhece a data em que se reencontraria com a torcida do Botafogo. Ele promete marcar na estreia contra o Boavista e pede, no máximo, cinco jogos para chegar ao milésimo. Fernando Soutello/Agif Mais

Após cinco meses sem jogar, Túlio volta a campo com a camisa do Botafogo. Porém, o Boavista faz jogo duro e o atacante passa em branco na estreia do projeto pelo milésimo. Fernando Soutello/Agif Mais

Uma semana após a estreia, Túlio volta a campo. O adversário da vez é o Cachoeiro-ES, derrotado pelo Botafogo. O atacante, no entanto, não deixa sua marca. Fernando Soutello/Agif Mais

Se nos dois primeiros jogos, Túlio passou em branco, no terceiro ele marca dois de uma só vez. Bem verdade que os dois tentos foram marcados de pênalti. Com isso, o atacante chega aos 995 gols e anima os torcedores presentes no estádio Godofredo Cruz, contra o Rio Branco, da segunda divisão do Rio. Divulgação/Botafogo Mais

O então diretor de marketing Marcelo Guimarães é demitido do Botafogo. Ele era responsável pelo agendamento das partidas e sua ausência dificulta ainda mais o processo Pedro Ponzoni/UOL Esporte Mais

O último jogo de Túlio pelo Botafogo é animador. O atacante marca três gols contra o Santos de Angola em partida realizada no Caio Martins. Com o feito, chega ao tento 998º na carreira, segundo suas contas. O milésimo se aproxima. Fernando Soutello/Agif Mais

O atacante usa o Twitter pela terceira vez para reclamar da demora do Botafogo em marcar os jogos. Nesta sexta-feira, completa 40 dias do último jogo de Túlio, contra o Santos de Angola, quando marcou três gols. Fernando Soutello/Agif Mais

Projeto de Túlio sofre outra parada. 40 dias após a realização do último amistoso, o Botafogo mantém sigilo sobre a próxima partida por estar em fase final de negociação com o adversário. O clube promete novidade nos próximos dias Wagner Meier/Agif Mais

O descontentamento de Túlio com o projeto não é novidade. Várias vezes o jogador utilizou o Twitter para protestar. No dia 24 de maio, o atacante culpou o Botafogo pela demora e disse que o projeto estava falido. Satiro Sodre/AGIF Mais

Em condição financeira ruim, Túlio vive de pequenos acordos publicitários com empresas, além de cachês em eventos ? muitos deles do próprio Botafogo. Uma saída para melhorar tal situação seria participar do programa "A Fazenda", da TV Record, que o sondou em abril. O Botafogo acatou em um primeiro momento, mas recuou e se mostrou contrário à ideia antes do fim do projeto. Wagner Meier/AGIF Mais

Insatisfeito com a lentidão do Botafogo, Túlio resolveu acionar o clube na Justiça do Trabalho. O jogador de 44 anos pedirá R$ 1 milhão de indenização por se considerar prejudicado na busca pela marca histórica, de acordo com as suas contas. O ídolo alvinegro alega que os dirigentes do clube falharam no projeto "Túlio a 1000 - 7 gols de solidariedade". Diomicio Gomes/O Popular Mais

Neste 04 de junho faz 100 dias do último jogo do projeto "Túlio a 1000 – 7 gols de solidariedade". Na oportunidade, o atacante marcou três gols contra o Santos de Angola e ficou a dois do gol mil, segundo suas contas. Após pedir R$ 1 milhão na Justiça contra o Alvinegro, o clube estuda a possibilidade de encerrar a parceria sem o fim desejado. Photocamera Mais

Por que Túlio ainda sofre para chegar ao gol 1.000?

Mais álbuns de Futebol x

ÚLTIMOS ÁLBUNS DE FUTEBOL



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos