Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://esporte.uol.com.br/futebol/album/2014/12/31/descubra-28-historias-que-aconteceram-enquanto-voce-via-a-copa-do-mundo.htm
  • totalImagens: 29
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20141231060100
    • Copa do Mundo 2014 [16337];
    • Brasil [5109];
    • UOL pelo Brasil Copa [74734];
Fotos

O UOL Esporte viajou o país de norte a sul e de leste a oeste para colecionar histórias enquanto o mundo estava de olho nas 12 cidades que receberam jogos da Copa do Mundo. A série de reportagens "UOL pelo Brasil na Copa" foi de Chuí (RS) até Macapá (AP), e percorreu de Natal (RN) até Tabatinga (AM) para relatar um Mundial bem diferente daquele que passou na televisão Arte UOL Mais

Uma cena de solidão no extremo sul do país. Enquanto a seleção estreava no Itaquerão, Chuí parecia uma cidade fantasma, com poucos sinais de também fazer parte do país da Copa. Ali, no convívio entre brasileiros e uruguaios na fronteira, o consenso existia na rivalidade conjunta contra os argentinos Junior Lago/UOL Mais

A Copa do Mundo teve também sua seleção sombria: os 11 operários que morreram nas construções de estádios e obras da competição. O UOL foi até Caucaia (Ceará) para ouvir a família do operário Ronaldo Oliveira dos Santos, que foi esmagado pela queda de um guindaste no estádio do Corinthians Rodrigo Capote/UOL Mais

A pequena Teutônia, no Rio Grande do Sul, é quase um pedaço da Alemanha um território brasileiro. Ali, a reportagem encontrou inúmeras referências alemãs, mas apenas um brasileiro fanático pela seleção de Klose e companhia. Volnei Elson Thomé da Cruz, o maior fanático pela Alemanha no Brasil, vira-casaca assumido Junior Lago/UOL Mais

Presidente da ONG Associação Caatinga, Rodrigo Castro segura uma reprodução em madeira do tatu-bola. Ele denunciou durante a Copa do Mundo que a Fifa fez uma proposta irrisória para ajudar na proteção do animal típico do Nordeste que virou mascote da Copa do Mundo Rodrigo Capote/UOL Mais

Descobrir a origem indígena de um jogador brasileiro é sempre um esforço de reportagem. O UOL foi até a tribo dos xucurus em Pesqueira (PE) para revelar a origem do meia Paulinho, titular da seleção Rodrigo Capote/UOL Mais

As cidades de Praia Grande e São Vicente, no litoral paulista, fazem parte da Neymarlândia. O craque da seleção e do Barcelona passou a infância e adolescência por lá, e o UOL foi lá contar histórias dessa época Robson Ventura/Folhapress Mais

Seu Lunga odiava futebol, mais ainda durante a Copa do Mundo. Conhecido como "o homem mais ignorante do Brasil", fama conquistada após virar personagem da literatura de cordel, ele deu entrevista ao UOL em junho na cidade de Juazeiro do Norte (CE). Ele morreu em novembro aos 87 anos Rodrigo Capote/UOL Mais

Mesmo em tempos de Copa do Mundo, Uberaba reverencia um brasileiro que não veste camisa amarela. Chico Xavier segue como um fenômeno de popularidade, atraindo hordas de turistas ao interior de Minas Gerais. Na terra em que mais trabalhou, o médium que morreu bem no dia da conquista do penta é o craque de todos os dias Junior Lago/UOL Mais

Capital da cerveja no país, Blumenau deu um jeito de faturar com a Copa, mesmo sem estar oficialmente na rota do torneio. Marcas locais turbinaram as vendas, e o roteiro turístico atraiu estrangeiros como australianos e holandeses. Na semifinal entre Brasil e Alemanha, um dia de mini-Oktoberfest Junior Lago/UOL Mais

São Joaquim atrai turistas todos os anos graças à expectativa de se ver neve em pleno território brasileiro. Tudo começa a partir de junho. No entanto, em 2014, a Copa no país atrasou a movimentação de forasteiros na cidade catarinense, conhecida como a mais fria do Brasil Junior Lago/UOL Mais

Fortaleza foi a sede preferida da seleção brasileira durante a Copa, com dois jogos por lá (contra México e Colêmbia). Mas a capital cearense também é a sede do melhor time de futebol composto apenas por portadores de nanismo Rodrigo Capote/UOL Mais

A fronteira do Brasil com a Colômbia é uma loucura. A cena acima é dentro de uma "salsoteca" durante intervalo do jogo entre brasileiros e colombianos nas quartas-de-final. Torcidas dos dois lados esqueceram as soberanias nacionais e promoveram carreatas dentro do território vizinho para comemorar as vitórias Rodrigo Capote/UOL Mais

Macapá é a terra do futelama. O rio Amazonas, o mais caudaloso do mundo, é uma verdadeira Fifa da modalidade típica da capital do Amapá. O rio decide o calendário, marcando com a maré quando começam e terminam as partidas dessa variação do futebol que possui até federação e campeonato estadual Rodrigo Capote/UOL Mais

Na fronteira entre Santana do Livramento e Rivera, um tema causava mais furor entre brasileiros e uruguaios do que propriamente o futebol. Trata-se da liberação da maconha no Uruguai, com a incerteza de como a legislação funcionará na prática na divisa em que os dois povos vivem juntos, em ambos os lados Junior Lago/UOL Mais

A Copa do Mundo exigiu operação especial na condução do funcionamento da usina hidrelétrica de Itaipu, em Foz do Iguaçu, a maior do país. Segundo os técnicos do local, até os jogos que foram para as disputas de pênaltis afetaram o comportamento do consumo de energia nas regiões sul e sudeste Junior Lago/UOL Mais

A reportagem do UOL acompanhou um jogo da seleção em um mosteiro budista, no interior de São Paulo. Lá, debateu o materialismo que a maior competição do futebol inspira, através de estádios milionários e muito consumo. Ali, jogo da seleção é visto com pipoca e se comemora gol até do adversário Junior Lago/UOL Mais

A musa do time é mais decisiva que o craque. Assim é o futebol amador de Manaus. Lá as rainhas salvam os times da eliminação do Peladão, o maior torneio de peladas do Brasil Rodrigo Capote/UOL Mais

A reportagem do UOL passou pela cidade de Felipão em dia de jogo da seleção, ainda na primeira fase. Ali, sentiu o relacionamento de distância de Passo Fundo com seu filho ilustre, que acabou fazendo sua vida profissional em Caxias do Sul. A equipe também visitou o campo da cidade, onde um dia Felipão foi vaiado pelos conterrâneos e preterido por um ídolo da casa Junior Lago/UOL Mais

Três Corações respira a memória de Pelé, seu filho ilustre. Durante a Copa, a cidade no interior de Minas Gerais atraiu estrangeiros, de ingleses a colombianos. Ali, os meninos que nunca viram Pelé jogar preferem o rei aos craques do momento, como Messi e Neymar. O YouTube serve como ferramenta para ver o ex-camisa 10 em ação e querer ser igual a ele Junior Lago/UOL Mais

São Tomé das Letras foi um lugar em que a Copa pouco fez barulho. Famoso dentro de atividades de hippies e místicos, a cidade no interior de Minas Gerais preferiu o culto ao existencialismo às emoções da seleção brasileira Junior Lago/UOL Mais

Eles não tem terra, mas tem Galvão Bueno. O UOL acompanhou uma partida da seleção brasileira em um acampamento do MST no interior pernambucano. Mesmo em barrações improvisados de lona e paus, eles acompanharam em TVs velhas as partidas da Copa do Mundo Rodrigo Capote/UOL Mais

Nem a Copa mexeu com a rotina de Serra da Saudade e de seus 825 habitantes. A pacata cidade no interior de Minas Gerais não perdeu sua tranquilidade, um tesouro para seus moradores. Mesmo assim, o Mundial foi curtido com paixão. Jogo da seleção teve até carreata de três carros na única avenida da cidade Junior Lago/UOL Mais

Meninos batem bola tendo ao fundo a geografia que batizou a cidade de Serra Talhada, no sertão pernambucano. A terra natal do cangaceiro Lampião acompanhou a Copa no xaxódromo e sonhando com a volta de seus clubes para a elite do futebol do Estado Rodrigo Capote/UOL Mais

Tacuru é uma das duas cidades brasileiras que têm o guarani como idioma oficial. Ali, no Mato Grosso do Sul, uma aldeia indígena sofre com um surto de suicídios entre adolescentes. No entanto, com a paixão do futebol à flor da pele, a Copa do Mundo é celebrada como um instante de amenidade em meio à dura realidade Junior Lago/UOL Mais

No meio de um mar brasileiríssimo de canaviais, surge uma cidade que se fez nas cores do rival número 1 quando se fala de futebol. A pernambucana cidade de Buenos Aires é uma contradição em celeste e branco Rodrigo Capote/UOL Mais

O maior cajueiro do mundo era a principal atração turística do Rio Grande do Norte até que a Arena das Dunas o superou no quesito. Também na lista de exportações brasileiras o futebol bateu a castanha de caju. O UOL contou essa mais essa história durante a Copa do Mundo Rodrigo Capote/UOL Mais

A reportagem do UOL tem oportunidade de acompanhar a histórica semifinal entre Brasil e Alemanha em Teófilo Otoni, junto a familiares de Fred. Naquele momento, os parentes do atacante sofreram com as críticas severas sobre o desempenho do atacante na Copa, e sofreram mais ainda com a derrota da seleção Junior Lago/UOL Mais

A goleada por 7 a 1 que eliminou o Brasil gerou uma ressaca cívica no país inteiro. Pior ainda para a equipe do UOL que acompanhou o jogo no centro de Recife degustando uma pituconha, mistura de cachaça com raíz de maconha que virou febre no sertão pernambucano Rodrigo Capote/UOL Mais

Descubra 28 histórias que aconteceram enquanto você via a Copa do Mundo

ÚLTIMOS ÁLBUNS DE FUTEBOL



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos