Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://esporte.uol.com.br/futebol/album/2016/11/27/hulk-feirante-fred-seguranca-veja-quais-eram-as-profissoes-dos-boleiros.htm
  • totalImagens: 20
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20161127060000
    • Esporte [12810];
Fotos

José Mourinho foi professor de educação física e também já trabalhou como tradutor no Barcelona, onde ganhava 60 euros por mês para ser intérprete do técnico inglês Bobby Robson AFP PHOTO / Oli SCARFF Mais

Ramires trabalhava como servente de pedreiro na época em que começou a jogar no América de Barra do Piraí, no Rio de Janeiro AFP PHOTO / JOSEP LAGO Mais

O lateral Nei, ex-Internacional, já trabalhou como pedreiro, garçom e segurança Lucas Uebel/Vipcomm Mais

Renato Gaúcho começou a trabalhar aos 12 anos, e conseguiu seu primeiro emprego em uma padaria de Bento Gonçalves. Dois anos depois, abandonou a rotina de padeiro para poder participar dos campeonatos de fim de semana, e passou a trabalhar em uma empresa de móveis LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA Mais

O pentacampeão Gilberto Silva foi funcionário de fábrica de doces Bruno Cantini/site oficial do Atlético-MG Mais

Aos 11 anos, Hulk começou a trabalhar no açougue da feira de Campina Grande para ajudar o pai REUTERS/Stringer Mais

Em 2004, o jovem Diego Costa teve que definir entre seguir tentando ser jogador ou continuar trabalhando em uma loja de eletrônicos na Galeria Pagé, no centro de São Paulo. A segundo opção, na época, era a mais rentável. Ele ganhava R$ 400. Mas Diego decidiu largar o balcão após impressionar em teste no Barcelona Capela, de São Paulo STEFAN WERMUTH / REUTERS Mais

Enquanto não conseguia uma oportunidade no futebol, Grafite vendeu sacos de lixo até os 21 anos, quando finalmente se profissionalizou Divulgação/Santa Cruz Mais

O ex-zagueiro Fábio Luciano trabalhava em uma lanchonete no interior paulista João Wainer-27.abr.2003/Folhapress Mais

Atacante do Leicester e da seleção inglesa, Jamie Vardy era operário de uma fábrica de próteses médicas REUTERS/Carl Recine Mais

O volante Pierre era motoboy antes de se profissionalizar como jogador na Bahia Bruno Cantini-5.dez.2014/Divulgação Atlético-MG Mais

O zagueiro Lúcio vendeu picolé e entregou jornal antes de fazer sucesso nos campos Mowa Press Mais

Elano acompanhava o pai no cultivo da cana de açúcar durante sua infância no interior de São Paulo Divulgação/Santos FC Mais

Fred já foi segurança da loja de um tio antes de virar atacante André Yanckous/AGIF Mais

Luis Fabiano se dividia nas funções de auxiliar de mecânico e aspirante a jogador de futebol Alexandre Schneider/Getty Images Mais

Gennaro Gattuso ajudava o pai pescador a vender peixes na Calábria e sonhava ser pescador. Até abriu uma peixaria em Milão Alberto Lingria/AFP Mais

Kléberson trabalhava em plantações de algodão durante a adolescência para ajudar a mãe André Portugal/VIPCOMM Mais

O ex-jogador Edmilson foi boia-fria antes da fama Getty Images Mais

Daniel Alve tinha 14 anos quando foi figurante no filme Guerra dos Canudos, de 1997. Daniel empunhou uma arma na rápida aparição no filme. Por dia, ganhou R$ 5. Daniel também ajudava os pais na plantação de cebola. Manuel Queimadelos Alonso/Getty Images Mais

Amaral nunca foi coveiro: na verdade, ele trabalhava em uma funerária, cuja função era cuidar da decoração do caixão. Ele colocava flores e arrumava a roupa do defunto Folha Imagem/Arquivo Mais

Hulk feirante, Fred segurança... veja quais eram as profissões dos boleiros

ÚLTIMOS ÁLBUNS DE FUTEBOL



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos