UOL Esporte Campeonato Alemão
 
23/10/2009 - 11h01

Para "esfriar a cabeça", Grafite vai passar uma semana de férias no Brasil

Para sair da atual má fase, o atacante Grafite foi liberado pelo Wolfsburg e vai passar uma semana de férias no Brasil. O treinador do atual campeão alemão, Armin Veh, disse nesta sexta-feira que o jogador brasileiro precisa "esfriar a cabeça", e que a melhor maneira de fazer isso é esquecer o futebol por alguns dias.

  • AP Photo/Fabian Bimmer

    Grafite foi bastante criticado pela expulsão na partida contra o Besiktas, pela Liga dos Campeões

Artilheiro da Bundesliga no ano passado, com 28 gols, Grafite já está há cinco semanas sem marcar. Além disso, o jogador ainda foi bastante criticado após prejudicar sua equipe ao ser expulso durante o empate em 0 a 0 contra o Besiktas, pela Liga dos Campeões da Europa, na última quarta-feira.

"As coisas simplesmente não estão boas para mim no momento. Preciso começar de novo. Mas tenho certeza que em breve os torcedores vão ver o velho Grafite", disse o atacante em nota publicada no site do Wolfsburg, antes de partir para o Brasil.

Após nove rodadas, Grafite tem apenas dois gols no Campeonato Alemão, mas ficou no banco por algumas rodadas após criticar o técnico Veh e seus companheiros, o que lhe custou uma multa de US$ 15 mil (R$ 25 mil).

"Ele precisa rapidamente esfriar a cabeça. A melhor maneira de fazer isso é ficar longe deste ambiente por alguns dias. Ele é uma pessoa muito emotiva e colocou muita pressão sobre si mesmo após o sucesso da última temporada", disse o técnico Veh.

Grafite foi criticado pelo treinador e por seus companheiros de equipe após prejudicar a equipe com sua expulsão contra o Besiktas na Liga. "Isso não poderia ter acontecido e, sem dúvida, ele machucou a equipe", disse Veh.

Apesar das críticas pela expulsão, os jogadores do Wolfsburg também o apóiam para sair do mau momento. "Para seu próprio bem e para o bem de todo o time, espero que ele volte a fazer gols rapidamente", disse o companheiro de ataque de Grafite, Edin Dzeko.

Juntos, Grafite e Dzeko fizeram 54 gols na temporada passada e foram fundamentais na conquista do primeiro título da história do Wolfsburg. O brasileiro chegou a fazer os três gols na vitória por 3 a 1 sobre o CSKA Moscou na estreia pela Liga dos Campeões deste ano, mas passou em branco nas duas rodadas seguintes.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host