UOL Esporte Campeonato Alemão
 
Gero Breloer/AP

Técnico Louis van Gaal corre, mas não escapa de tradicional banho de cerveja

08/05/2010 - 12h24

Bayern joga para o gasto, mas garante título alemão com 3 a 1 sobre Hertha

Do UOL Esporte
Em São Paulo

Parecia que seria fácil para o Bayern de Munique. E foi. Neste sábado, a equipe de Louis Van Gaal deu o primeiro passo para a conquista de uma inédita tríplice coroa e conquistou o já garantido título de campeão alemão da temporada 2009/2010 com uma vitória por 3 a 1 sobre o rebaixado Hertha Berlim, no Estádio Olímpico da capital do país, palco do final da Copa do Mundo de 2006.

  • EQUIPES REBAIXADAS

    Além do Hertha Berlim, que perdeu para o Bayern e já estava matematicamente rebaixado, deixando a capital alemã sem representantes na primeira divisão da Bundesliga, o Bochum também disputará a segundona alemã na próxima temporada. Ainda havia uma esperança de salvamento, bastando uma vitoria em casa sobre o Hannover. Porém, foram os visitantes que venceram com facilidade, fazendo 3 a 0 e se mantendo na primeira divisão.

    Antepenúltimo colocado, o Nuremberg venceu o Colônia por 1 a 0, mas mesmo assim vai disputar contra o terceiro colocado da segunda divisão a permanência na elite ou o efetivo rebaixamento.

Como já tinha o título alemão praticamente assegurado, pois tinha 17 gols de saldo de vantagem sobre o segundo colocado Schalke 04, o Bayern apenas jogou para o gasto na grande festa montada em Berlim tanto pela sua torcida quanto pelos donos da casa, que se despediam da divisão de elite da Bundesliga, pois o Hertha, lanterna da competição, já estava matematicamente rebaixado.

Após abrir 1 a 0 com o herói da classificação para a final da Liga dos Campeões, Ivica Olic, aos 19min do primeiro tempo, em mais uma boa assistência de Robben, o Bayern, que entrou em campo com sua equipe titular, resolveu se poupar para as duas decisões dos próximos finais de semana e segurou o ritmo, apostando apenas nos contra-ataques.

O Hertha não tinha nada com isso, atacou, exigiu duas grandes defesas de Butt no primeiro tempo (uma delas muito bonita, em cobrança de falta de Kobiashvilli), e empatou aos 14min da segunda etapa, em boa jogada de Cícero pela esquerda, que deu a bola para o colombiano Adrian Ramos só empurrar para o fundo das redes.

Aos 28min, em contra-ataque muito rápido, Robben marcou o segundo. Faltando quatro minutos para o final do Alemão, Robben aproveitou sobra de um chute de longe no travessão e fechou o placar em 3 a 1.

A vitória deu a Bayern o seu 22º título de campeão alemão, o sexto na década. Nas últimas trinta temporadas, a equipe de Munique faturou 17 vezes a taça. Os bávaros voltam a campo daqui a sete dias, no sábado que vem, para decidir a Copa da Alemanha com o Werder Bremen. Uma semana depois, decide a Copa dos Campeões, em Madri, contra a Inter de Milão.

Competições europeias

Uma vitória da equipe de Munique no Santiago Bernabeu é importante para que o futebol alemão passe a ter direito a quatro vagas na Liga dos Campeões a partir da próxima temporada. Por enquanto são apenas três e o Bayern terá na competição continental, em 2010/2011, a companhia de Schalke 04 e do Werder Bremen, que se garantiu mesmo com um empate em 1 a 1 com o Hamburgo em casa neste sábado. Sonhando com um titulo improvável, o Schalke só empatou com o Mainz em 0 a 0 e ficou mesmo na segunda colocação, cinco pontos atrás do Bayern.

O Leverkusen, que também lutava pela Champions, não passou de um empate em 1 a 1 com o Borussia M`Gladbach fora de casa, e ficou com a quarta colocação.

Vão para a Liga Europa o próprio Bayer Leverkusen, o Borussia Dortmund (venceu por 2 a 1 com o Freiburg neste sábado), e o Stuttgart (que ficou no 1 a 1, com o Hoffenheim). Esta ultima vaga seria do campeão da Copa da Alemanha, mas como os dois finalistas da competição já estão na Copa dos Campões, ela passou para o sexto colocado da Bundesliga.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host