UOL Esporte Campeonato Alemão
 
15/05/2010 - 16h55

Bayern é campeão da Copa da Alemanha e fica mais perto de temporada histórica

Do UOL Esporte
Em São Paulo

O Bayern de Munique conquistou seu 15º título da Copa da Alemanha ao vencer o Werder Bremen pelo placar de 4 a 0 neste sábado, em final realizada no Estádio Olímpico de Berlim.

Com a vitória deste sábado, o Bayern pode conquistar um feito inédito em sua história: já conquistou o Campeonato Alemão e a Copa da Alemanha, e tem ainda pela frente a final da Liga dos Campeões da Europa contra a Inter de Milão, no próximo dia 22. Caso vençam, será a temporada mais vitoriosa da história do clube.

A decisão reuniu ainda os maiores vencedores da Copa da Alemanha da história, ainda que a vantagem da equipe de Munique seja quilométrica: foram 15 vezes campeões, enquanto o Werder Bremen é o segundo maior vencedor com seis conquistas.

Além disso, há oito anos praticamente só dá Bayern ou Bremen: a equipe de Munique venceu em 2003, 2005, 2006, 2008 e agora, em 2010, enquanto o Werder sagrou-se campeão em 2004 e 2009. A séria só foi interrompida com o título do Nuremberg, em 2007.

A goleada

O holandês Arjen Robben mais uma vez fez a diferença na partida em favor do Bayern. Durante o primeiro tempo, criou duas chances claras de gol, desperdiçadas por seus companheiros, além de ele mesmo ter finalizado três vezes com certo perigo.

O Werder Bremen até que apresentava algumas jogadas de efeito – Pizarro, por exemplo, deu uma caneta em van Buyten para em seguida dar um “drible da vaca” em Schweinsteiger, mas acabou perdendo a bola. Porém, não conseguia converter seu volume de jogo em lances de perigo.

Até que aos 35 minutos, Metersacker tocou a bola com a mão e o árbitro Thorsten Kinhofer marcou pênalti. Robben cobrou com firmeza no canto direito e abriu o placar.

Na etapa complementar, o controle do Bayern não foi contestado pelo Werder Bremen, que até tentou um ataque-relâmpago após o apito inicial do juiz, sem sucesso.

O segundo gol da equipe de Munique era questão de tempo, e nasceu num escanteio cobrado por Robben: aos seis minutos, após desvio de van Buyten, o croata Olic aproveitou para completar para o fundo do gol.

A partir daí, o jogo foi totalmente dominado pelo Bayern. Ribery e Olic brincavam de gato e rato com a defesa do Werder Bremen, que teve de tirar uma bola de Muller em cima da linha aos nove.

Ribery deu o golpe de misericórdia aos 18 minutos. Van Bommel deu um toque preciso pela direita e deixou o francês sem marcação. Ribery não desperdiçou a oportunidade, batendo em baixa altura, no canto direito do goleiro Wiese.

Depois do terceiro gol, o Bayern reduziu o ritmo e administrou o resultado, pensando já na final da Liga dos Campeões da Europa contra a Inter de Milão no dia 22.

Ainda assim, teve tempo de fechar a goleada com um belo lance: Lahm cruzou na área e Schweinsteiger teve tempo de dominar no peito e chutar no ângulo direito.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host