Clube alemão pode ser punido por ofensas a árbitra após gol anulado por VAR

Do UOL, em São Paulo

  • Christof Koepsel/Bongarts/Getty Images

A Federação Alemã de Futebol abriu uma investigação nesta segunda-feira (9) para apurar as ofensas da torcida do Borussia Monchengladbach direcionadas à árbitra Bibiana Steinhaus após a anulação de um gol na partida contra o Hertha Berlim, no último sábado, pela 29ª rodada do Campeonato Alemão.

Bibiana, a primeira mulher habilitada a apitar na primeira divisão da Alemanha, pediu o auxílio do sistema de árbitro de vídeo, o VAR, depois de Patrick Herrmann balançar a rede, aos dez minutos do segundo tempo. O replay detectou que Thorgan  Hazard, que participara do lance, estava impedido. Os torcedores do Borussia reagiram com xingamentos de caráter sexista.

Max Eberl, diretor esportivo do Monchengladbach, pediu desculpas públicas à árbitra. O clube, no entanto, pode ser punido pela atitude dos torcedores.

A anulação do gol ocorreu quando o Hertha vencia por 1 a 0. Atuando em casa, o Borussia Monchengladbach venceu de virada, por 2 a 1.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos