UOL Esporte Campeonato Argentino
 
28/10/2009 - 00h15

Newell's e Estudiantes dormem em 1º no Apertura; Vélez vence com confusão

A 11ª rodada do Torneio Apertura do Campeonato Argentino começou nesta terça-feira com a chegada de Estudiantes de La Plata e Newell's Old Boys à liderança. Os atuais campeões da Copa Libertadores da América bateram fora de casa o Godoy Cruz por 2 a 1 de virada, enquanto o time rubro-negro da cidade de Rosário recebeu o Racing Club e venceu por 1 a 0. O Vélez Sarsfield também se deu bem, com um triunfo polêmico sobre o Atlético de Tucumán por 2 a 1, que terminou em confusão.

O Estudiantes chegou a sair em desvantagem na cidade de Mendoza, após o atacante Cristian Chávez marcar para o Godoy Cruz aos 29min do segundo tempo. Entretanto, os Pincharratas, mesmo sem o meia Juan Sebastián Verón, reagiram em seguida: Jorge Cubelo, contra, empatou aos 32min, e o zagueiro Leandro Desábato virou aos 38.

Com o resultado, o Estudiantes pulou provisoriamente para a liderança do Apertura com 23 pontos, dois a mais que o Colón, que entra em campo ainda nesta rodada para duelar fora de seus domínios contra o Independiente. O Godoy Cruz, com dez, seguiu em 13º.

Já em Rosario, enquanto o Racing aguarda a chegada do técnico alemão Lothar Matthäus, o Newell's tirou proveito da fragilidade dos visitantes e conquistou o triunfo com um gol inusitado. Após cobrança de escanteio aos 23min do segundo tempo, o ataque anfitrião trocou cinco passes de cabeça dentro da área até o zagueiro Juan Manuel Insaurralde aparecer na pequena área e fuzilar o goleiro rival.

Como não há critérios de desempate para designar o líder na primeira divisão argentina, o Newell's passou a dividir a primeira colocação com o Estudiantes por ter os mesmos 23 pontos. Já o Racing seguiu na penúltima posição, com apenas cinco pontos.

Polêmica e confusão

Ainda nesta terça-feira, o Vélez Sarsfield superou o Atlético de Tucumán fora de casa por 2 a 1 com um gol de pênalti nos acréscimos, que gerou confusão no gramado em decorrência da infração a favor dos visitantes assinalada pelo árbitro Pablo Lunati.

Os atuais campeões do Clausura saíram em vantagem aos 27min de jogo com um gol estranho do atacante Rolando Zárate, que recebeu cruzamento praticamente na linha de fundo dentro da área e, sem ângulo, deu um toque despretensioso. O goleiro Lucas Ischuk se atrapalhou na saída e a viu o Vélez sair em vantagem.

Os representantes de Tucumán, porém, reagiram ainda na primeira etapa, com gol do lateral Javier Páez aos 38min, após receber passe na pequena área. O empate estava encaminhado até os minutos finais de jogo, quando Zárate caiu na área e Lunati assinalou um pênalti polêmico. O meia Maximiliano Morález converteu, estabeleceu o 2 a 1.

Revoltados com a marcação, os jogadores do Atlético cercaram o árbitro para protestar, e Lunati deixou o campo escoltado pela polícia argentina. O placar deixou o Vélez com 21 pontos na quarta colocação, enquanto o clube de Tucumán ficou nove, em 15º.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host