UOL Esporte Campeonato Argentino
 
28/03/2010 - 17h05

Boca Juniors sai na frente, mas sofre virada e acaba goleado pelo Chacarita

Do UOL Esporte
Em São Paulo
  • Jogadores do Boca Juniors ficam desiludidos após o Chacarita Juniors marcar na goleada por 4 a 1.

    Jogadores do Boca Juniors ficam desiludidos após o Chacarita Juniors marcar na goleada por 4 a 1.

Mesmo embalado pela vitória diante do River, no meio da semana, o Boca Juniors não aproveitou a atual fragilidade de seu adversário neste domingo para conseguir pela primeira vez na temporada duas vitórias consecutivas. Jogando fora de casa, no estádio Tomás Adolfo Ducó, pela 11ª rodada do Clausura, o time da La Bombonera saiu na frente, mas sofreu a virada e acabou goleado pelo ameaçado Chacarita Juniors por 4 a 1.

O duelo foi disputado no estádio do Huracán, já que o confronto entre as duas equipes no ano passado, na La Bombonera, provocou enfrentamentos entre as duas torcidas. Atualmente, o Chacarita Juniors defende seus jogos na casa do Argentinos Juniors, isso até o fim das reformas de seu estádio.

Sem a vitória, o Boca Juniors continua na parte de baixo da tabela do Clausura, com 11 pontos. Já o Chacarita Juniors encosta no Gimnasia y Esgrima na zona de rebaixamento da temporada e inclusive ultrapassa o rival na tabela do atual torneio, chegando a 13 pontos.

Sem o técnico Fernando Gamboa, demitido no último final de semana, o Chacarita teve em seu banco de reservas neste domingo seu novo treinador, o ex-jogador Mauro Navas, aposentado há apenas dois anos e com passagens por Banfield, Udinese e Racing. E depois de um início de jogo equilibrado, Riquelme resolveu desequilibrar.

O camisa 10 do Boca Juniors deu uma linda assistência para Matías Gimenez que tocou com estilo na saída do goleiro e abriu o placar. Depois de uma série de gols perdidos na primeira etapa, o Boca foi castigado logo no início do segundo tempo. Parra e Ramírez viraram o jogo para os anfitriões, e poucos minutos antes do fim, Parra marcou mais um e Sciorilli completou a goleada.

Palermo X Abel Alves

Além da derrota, o clima ficou ainda mais pesado pela alteração realizada por Abel Alves no segundo tempo. O treinador do Boca Juniors sacou o atacante Palermo quando o jogo estava 2 a 1 para o Chacarita Juniors. O maior artilheiro da história do clube não gostou de ter deixado o campo e deixou isso bem claro em sua saída rumo ao banco de reservas. "Por que me tira de campo se estamos perdendo", questionou.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host