UOL Esporte Campeonato Argentino
 
15/05/2010 - 22h26

Tigre estraga festa de Gallardo e emplaca pior derrota do River em 18 anos

Do UOL Esporte
Em São Paulo

Estava tudo preparado para uma grande festa de despedida do Marcelo Gallardo, que, aos 34 anos, dizia adeus ao futebol com a camisa que o consagrou. Mas o River Plate, com uma das piores campanhas de sua história, não colaborou: na última rodada do Torneio Clausura 2010, perdeu por 5 a 1 para o Tigre, em pleno estádio Monumental de Nuñez. Desde 1982 o River não sofria cinco gols em seu próprio estádio. Na ocasião, fora goleado pelo Newell’s Old Boys por 5 a 0.

Gallardo começou sua carreira em 1992, no próprio River Plate. Nos milionarios ficou até 1999, quando se transferiu para o Monaco. Voltou em 2003, seguindo na equipe argentina por três anos antes de voltar para a França, onde defendeu o PSG, sofrendo diversas lesões, que atrapalharam sua carreira. De lá seguiu para os EUA, jogando com a camisa do DC United.

Em 2009, voltou para o River Plate, como uma das estrelas da equipe, que tinha ainda outro grande jogar revelado no Monumental de Nuñez: Ariel Ortega. A parceria não deu certo e os milionários viveram com a dupla um forte crise, que teve desfecho final neste sábado com a goleada frente ao Tigre.

Com a derrota, o River fecha o Clausura na 13ª colocação, com 22 pontos: seis vitórias e quatro empates. Como o Cólon ainda joga no domingo, o River ainda pode cair uma posição. A goleada foi quase toda ela construída no segundo tempo. Claudio Perez abriu o placar com 10min de jogo. Mori empatou aos 5min do segundo tempo, mas o Tigre cresceu a partir daí e fez quatro gols em 40min, com José San Román, Pablo Fontanello, Mariano Pasini e Leandro Lázzaro.

Também neste sábado, pela última rodada do Campeonato Argentino, o Vélez garantiu vaga na Copa Sul-Americana da próxima temporada ao empatar em 0 a 0 com o Rosario Central fora de casa. A equipe de Sarsfield foi beneficiada pela derrota do Lanús, que também brigava pela classificação, para o Independiente, por 1 a 0, também como visitante.

Já o Chacarita perdeu por 2 a 1 para o Racing em casa, enquanto Gimnasia e Atlético Tucumán empataram por 3 a 3 em La Plata. Com essa combinação de resultados, Chacarita e Tucumán estão rebaixados para a segunda divisão do Campeonato Argentino. O Gimnasia, por sua vez, joga contra o Atlético Rafaela, terceiro colocado no Nacional B, para ver quem joga o Apertura na elite.

Na Segundona, o Quilmes garantiu sua volta à primeira divisão depois de três anos após o empate por 0 a 0 com o Belgrano. O Olimpo já havia carimbado o acesso há algumas rodadas.


 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host