UOL Esporte Campeonato Baiano
 
18/04/2010 - 18h01

Bahia empata com xará de Feira e decide estadual contra o Vitória

Do UOL Esporte*
Em São Paulo

Bahia e Vitória vão decidir pelo segundo ano seguido o Campeonato Baiano. A equipe tricolor terá a chance de quebrar um tabu de ter ficado com o vice-campeonato nas três últimas edições do estadual, vendo o arquirrival campeão em todas elas. Em 2007 e 2008, porém, não houve uma partida final e o torneio foi decidido em quadrangulares.

O Bahia precisava de um simples empate para chegar à decisão do Campeonato Baiano. E foi justamente o que aconteceu. Mesmo jogando no estádio de Pituaçu, o time de Renato Gaúcho se utilizou do regulamento, ficou no 1 a 1 diante do Bahia de Feira e confirmou presença na final da competição estadual --no primeiro jogo, empate sem gols.

Na decisão, vai pegar o Vitória, que eliminou o Camaçari também com um empate em 1 a 1. O rubro-negro tem a vantagem de jogar por dois resultados iguais porque teve melhor desempenho na somatória de todas as fases da competição. Somou 43 pontos (13 vitórias, 4 empates), contra 42 do tricolor (12 vitórias, 5 empates). Se tivesse vencido o Bahia de Feira, o Bahia teria a vantagem.

Como teve melhor campanha do que o adversário nas fases anteriores, o Bahia jogava, por exemplo, por dois empates. A equipe em uma excelente campanha na competição estadual. Até o momento, fez 20 partidas, sendo 12 vitórias, seis empates e apenas duas derrotas.

O BAHIA NO TWITTER

Apesar de jogar por um simples empate, a equipe de Renato Gaúcho não ficou recuada e foi mais ofensiva durante boa parte do primeiro tempo. Além disso, deu poucos espaços para o rival de Feira de Santana e criou as melhores chances dos primeiros 45 minutos.

Aos 14min, por exemplo, Mendes quase abriu o marcador para o Bahia. Melhor em campo, a equipe da capital chegou ao seu primeiro gol, aos 31min, com Vagner, que anotou de cabeça. O Bahia de Feira, por outro lado, levou pouco perigo ao gol do adversário. Num dos poucos momentos, aos 38min, Fernando defendeu chute de Bruninho.

Para o segundo tempo, o Bahia de Feira não tinha alternativa: precisa partir para cima, uma vez que necessitava da virada para conseguir a classificação. Na base de vontade, o elenco de Feira Santana pressionou, mas sempre parava na forte marcação do Bahia.

Nos minutos finais, João Neto marcou em cobrança de pênalti e igualou para o Bahia de Feira, mas não conseguiu evitar a eliminação dos visitantes.

Atualizado às 19h05

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host