UOL Esporte Campeonato Baiano
 
18/04/2010 - 19h04

Vitória leva susto, mas empata com o Camaçari e pega o Bahia na final

Do UOL Esporte
Em São Paulo

Bahia e Vitória vão decidir pelo segundo ano seguido o Campeonato Baiano. A equipe rubro-negra busca o tetracampeonato. Nos três títulos em sequência teve exatamente o arquirrival como vice. Em 2007 e 2008, porém, não houve uma partida final e o torneio foi decidido em quadrangulares. Na última temporada, faturou o título com uma vitória por 2 a 1 e um empate em 2 a 2 no jogo decisivo.

O Vitória sofreu bastante para chegar à decisão do Baiano. Jogando no Barradão, perdia para o Camaçari por 1 a 0 até aos 37min do segundo tempo. Mas um gol de Junior resultou no empate por 1 a 1 e significou a vaga à final da competição estadual. Seu adversário será o Bahia, que eliminou o Bahia de Feira também com um empate em 1 a 1 e se valendo da vantagem conquistada nos quadrangulares.

O rubro-negro tem a vantagem de jogar por dois resultados iguais contra o Bahia porque teve melhor desempenho na somatória de todas as fases da competição. Somou 43 pontos (13 vitórias, 4 empates), contra 42 do tricolor (12 vitórias, 5 empates).

Apesar de ter empatado por 2 a 2 no primeiro jogo e jogar por outro resultado igual, o Vitória tomou a iniciativa da partida. Aos 11min, por exemplo, Elkeson assustou o goleiro Marcelo. O Camaçari não se abalou e também levou perigo, principalmente nos contra-ataques. Aos 15min, Kleuber quase abriu o marcador para os visitantes.

O VITÓRIA NO TWITTER

Apesar do susto, o time treinado por Ricardo Silva não se abalou e manteve a postura ofensiva. Faltava apenas fazer o gol. Aos 44min, teve duas oportunidades, num chute cruzado de Elkeson e numa cabeçada de Wallace. Não fez e ainda sofreu o primeiro.

Nos acréscimos, Murilo subiu mais alto que a defesa do Vitória e fez 1 a 0. “Nosso time até foi melhor, mas pecamos nas finalizações. Precisamos manter a tranquilidade para conseguir o empate”, definiu o técnico Ricardo Silva. E o Vitória voltou para a etapa final com a mesma postura do primeiro tempo: ofensiva.

Desde o começo, os donos da casa partiram para cima e encontraram um rival recuado. E essa retranca atrapalhou bastante as ações do Vitória. Aos 28min, Berola exigiu uma complicada defesa de Marcelo. Logo depois, Reniê quase faz de cabeça. A insistência deu certo. Aos 37min, Junior tocou para o fundo das redes e selou a classificação do elenco de Ricardo Silva.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host