UOL Esporte Campeonato Baiano
 
14/02/2011 - 12h04

Efetivado no Bahia, Chiquinho de Assis diz que jogadores estão 'arrasados'

Do UOL Esporte
Em São Paulo

Chiquinho de Assis não resistiu ao seu primeiro jogo como técnico efetivado do Bahia. A equipe tricolor foi derrotada por 3 a 2 pelo Camaçari, fora de casa, neste domingo, e não conseguiu confirmar a reação que esperava no Campeonato Baiano. Após a partida, o ex-auxiliar viu os jogadores bastante abatidos e ressaltou que o mais importante neste momento é recuperar os atletas.

“Primeiro temos de recuperar a confiança: eles estão arrasados. Teve um que me falou que nunca viveu uma situação como essa na carreira. Alguns jogadores não estão rendendo o que podem. Nossa preocupação é recuperar os jogadores na parte técnica. Não estou desesperado. Não posso chegar agora e começar do zero, mas vamos tomar atitude, dentro de uma coerência”, disse Chiquinho, ao site Bahia Notícias.

O treinador do Bahia falou ainda sobre as vaias vindas da torcida à equipe, e especialmente ao goleiro Tiago, considerado culpado pelos aficionados no segundo gol do Camaçari. “Eu concordo com a torcida, mas eu não posso tomar nenhuma atitude agora, no calor da partida. Eu peço paciência, calma, que vou refletir bastante, aliás é só isso que tenho feito. Prometo que as coisas vão mudar”, garantiu.

O próprio Tiago também comentou sobre o lance do segundo gol, em que acabou mandando a bola para as redes após cobrança de escanteio. Para ele, o erro foi do juiz, que não marcou a infração dentro da pequena área. “Como eu vou para a bola de lado e ela entra atrás sem que eu fosse tocado? Então, foi falta sim em mim”, disse.

“Todo gol que a gente toma estão me criticando, independente de como eles são. Até então, eu não vejo onde estou tendo problemas. O time que não está andando, mas sempre sobra pra um. Está sobrando coisas que não são pra mim”, completou o goleiro.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host