Time baiano acionará TJD por escalação de Victor Ramos. Vitória se defende

Do UOL, em São Paulo

  • Reinaldo Canato/UOL

    Flamengo de Guanambi acionará TJD-BA por suposta escalação irregular de Victor Ramos

    Flamengo de Guanambi acionará TJD-BA por suposta escalação irregular de Victor Ramos

O Campeonato Baiano de 2016 ganhou um capítulo extra após o jogo do último sábado, entre Vitória e Flamengo de Guanambi, no qual o time de Vágner Mancini garantiu classificação para as semifinais do Estadual após triunfo de 3 a 0 no Barradão. A polêmica envolve o zagueiro Victor Ramos, jogador escalado para o confronto e que inclusive participou de um dos gols.

Emprestado pelo Monterrey, do México, ao Vitória até o fim da temporada, Victor Ramos teve seu nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) no dia 18 de março.

Porém, de acordo com o parágrafo terceiro do artigo 20 do regulamento do Campeonato Baiano, 'nas transferências internacionais, independentemente do protocolo dos documentos de registro e inscrição do atleta só terá condição legal de jogo após a devida concessão da transferência pela CBF e se o seu nome estiver incluído no BID da CBF até às 19h do dia 16 de março, prazo final das inscrições de atletas'.

A defesa do Vitória é que a transferência de Victor Ramos não é internacional, já que ele estava emprestado ao Palmeiras – seu último clube – e o Monterrey não pediu o seu retorno. Sendo assim, seria uma transferência nacional, conforme explicou o técnico Vágner Mancini em entrevista ao programa Cartão Verde Bahia, da TVE, no último domingo.

"O que aconteceu foi que o clube Monterrey, do Victor Ramos, não pediu [o jogador de volta]. Ao término do contrato de Victor Ramos com o Palmeiras ele não retornou ao Monterrey. Não foi pedida a documentação para a federação mexicana. Por isso dizem que é internacional, mas não é internacional. A partir do momento que o atleta não retornou ao seu clube de origem no México, a transferência foi feita Palmeiras/Vitória", disse o treinador.

O Flamengo de Guanambi, em entrevista ao Bahia Notícias, confirmou que irá acionar o Tribunal de Justiça Desportivo da Bahia (TDJ-BA) e promete brigar pela vaga até o fim.

"O Flamengo de Guanambi está entrando hoje [segunda-feira] com uma petição no TJ-BA por conta de infração de Victor Ramos, porque está mais do que claro que existe uma infração. A autorização especial da Fifa é em relação a janela de transferência dele, mas nesse caso entra outra coisa que é do Campeonato Baiano. O regulamento diz que a inscrição de jogadores em transferência internacional é até o dia 16, e o nome dele aparece no BID dia 18", disse.

"Entramos no TJD, e se perdermos vamos recorrer aos STJD. Ainda não liberamos o elenco e daremos esse tempo para ver a resolução do caso", completou.

Com o triunfo no último sábado, o Vitória garantiu vaga nas semifinais do Campeonato Baiano e vai enfrentar o Juazeirense. O jogo de ida está marcado para o dia 10 de abril, fora de casa.

Ba-Vi?

O duelo fora de campo pode contar com força extra de um arquirrival. O Bahia admite que pode entrar na briga como um dos interessados no caso, contra o Vitória.

"É uma análise que está sendo feita pela diretoria do clube. A possibilidade jurídica existe e o Bahia tem legitimidade para fazê-lo, assim como os outros clubes e a procuradoria do TJD. Vamos conversar internamente para saber qual vai ser o posicionamento do clube", disse o gerente jurídico do clube, Victor Ferraz, em entrevista à Rádio CBN Salvador.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos