Título do Vitória teve prioridade à base e oito pratas da casa na decisão

Marcello De Vico

Do UOL, em Santos (SP)

  • Divulgação/Facebook do Vitória

    Goleiro Caíque já se apresentou à seleção brasileira sub-20 nesta segunda-feira

    Goleiro Caíque já se apresentou à seleção brasileira sub-20 nesta segunda-feira

O campeão Vitória deu no Campeonato Baiano mais uma mostra de que as categorias de base seguem sendo uma de suas principais armas para montar um time qualificado para as competições que disputa. Para se ter ideia, oito pratas da casa participaram da decisão contra o arquirrival Bahia (somando os dois jogos), sendo que cinco deles foram titulares nas duas partidas da final.

Outros dados reforçam a força da base no Vitória: 16 dos 28 jogadores relacionados para o jogo da final do último domingo são formados nas categorias de base rubro-negra. E da defesa titular que iniciou os dois jogos, só o lateral-esquerdo (Diego Renan) não é um prata da casa. Caíque, goleiro que substitui o lesionado Fernando Miguel, foi destaque nos dois confrontos.

"O Vitória frisa sempre a importância da base para o desenvolvimento do clube. Grande exemplo é o Caíque, que apesar de muito novo, mostrou qualidade e maturidade na decisão", destacou o presidente Raimundo Viana em entrevista ao UOL Esporte.

No duelo do último domingo, na Fonte Nova, o Vitória terminou o jogo com três zagueiros formados em suas categorias de base: Victor Ramos e Ramon, que iniciaram como titular, além de Vinícius, que entrou no segundo tempo para segurar o resultado e o título.

"Os dois zagueiros que estavam junto ao Victor Ramos na final formaram a zaga do time sub-20 do Vitória em 2015, e agora foram bem em um jogo desta importância. O Vitória está fazendo um trabalho de colocar jovens no momento exato. Está sendo um trabalho bem planejado", disse Carlos Anunciação, coordenador da base rubro-negra, ao UOL Esporte.

Após ganhar folga nesta segunda-feira, o Vitória se reapresenta na terça para começar a se preparar para os dois jogos da semana. O primeiro deles acontece na quarta-feira, pela Copa do Brasil, contra a Portuguesa, no Canindé, às 21h45 (de Brasília). Já o segundo marca a sua estreia na Série A em duelo contra o Santa Cruz, domingo, no Arruda, às 11h (de Brasília).

Escalação do Vitória na 1ª final (*)

Caíque, José Welison, Victor Ramos, Ramon e Diego Renan; Amaral (Marcelo), Willian Farias e Leandro Domingues (Flávio); Vander (Alípio), Marinho e Kieza

Escalação do Vitória na 2ª final (*)

Caíque; José Welison, Victor Ramos, Ramon e Diego Renan; Amaral, Willian Farias e Leandro Domingues (Tiago Real); Vander (Alípio), Marinho (Vinicius) e Kieza

* jogadores da base em negrito

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos