UOL Esporte Futebol
 
29/05/2009 - 07h30

Contra revanche santista, Corinthians aposta em grupo forte

Rafael Prada
Em São Paulo
Os bons resultados do Corinthians na temporada não escondem o grupo forte da equipe. Campeão paulista e disputando as semifinais da Copa do Brasil, os atletas alvinegros apostam justamente no elenco para conter o ímpeto do time do Santos no próximo domingo, em partida válida pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro.

No Estadual desta temporada, foi justamente sobre a equipe do técnico Vagner Mancini que o Corinthians sagrou-se campeão paulista. Se os jogadores santistas negam a sede de vingança, a torcida local deve pressionar os rivais corintianos. No ano, foram três jogos disputados entre os dois times, com duas vitórias da equipe de Parque São Jorge e um empate.

"Temos a consciência de que o Santos é uma equipe muito forte, mas com certeza estaremos preparados para um confronto muito difícil. Temos um grupo que não é feito somente de 11 jogadores, mas, sim, por todo um elenco muito forte", conta o zagueiro Diego, que atuou em todos os jogos do Nacional do Corinthians, recebeu cartão amarelo nos três e está suspenso no clássico.

O técnico Mano Menezes, que já escalou uma equipe mista duas vezes no Campeonato Brasileiro, deixou claro que deve optar mais uma vez por poupar titulares. "Se repetirmos o time de quarta no domingo, não teremos força nem para fazer uma boa partida contra o Santos e nem para buscar a classificação para a final da Copa do Brasil contra o Vasco", explicou o treinador, na quinta-feira, em entrevista ao SporTV.

Convocado para a seleção brasileira, o lateral-esquerdo André Santos se apresenta ao técnico Dunga na segunda e por isso deve ser escalado por Mano. Mas, independentemente de quais companheiros tiver ao seu lado, aposta em um time forte para enfrentar o Santos na Vila Belmiro.

"O Corinthians não tem time reserva ou titular. Quem entrar vai defender a camisa por só um objetivo, que é a vitória. Vai ser um jogo muito difícil já que o Santos vai jogar em casa, com sua torcida. Vai ser muito importante para eles, já que no último confronto deu nós, né?", relembra o ala.

Douglas, que pode atuar, afirma que está pronto para atender as ordens do técnico Mano Menezes. Mas se diz preparado para atuar. "Tem que ver como os jogadores estão se sentindo. O professor vai conversar com a gente. Todo mundo fala que quer jogar, né? Se estiver recuperado, dá para jogar tranquilo", concluiu.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host