UOL Esporte Futebol
 
22/07/2009 - 18h33

Mano pede fim da 'paradinha' para Ronaldo, cobrador ao lado de Chicão

Alexandre Sinato
Em São Paulo
Mano Menezes tem um pedido para Ronaldo. Nas cobranças de pênalti, o técnico do Corinthians prefere que o camisa 9 não repita a "paradinha" que tentou no último domingo, na vitória por 2 a 1 sobre o Cruzeiro, no Mineirão. O centroavante, porém, seguirá dividindo as cobranças com Chicão.

Contra os cruzeirenses, Ronaldo foi caminhando para a cobrança e deu a tradicional "paradinha". No entanto, o goleiro Fábio esperou a batida e pulou no lado certo para fazer a defesa. No fim da partida, o Fenômeno deixou sua marca diante do ex-time.

"Só vou pedir para o Ronaldo não parar desse jeito porque os goleiros estão bem treinados atualmente e chegam na bola", disse Mano Menezes, em tom bem humorado, mas transmitindo o que prefere ver nas cobranças de pênalti.

O treinador ainda explicou qual critério adota para escolher quem bate as penalidades a favor do Corinthians. "Quando o Ronaldo sofre o pênalti ou participa da jogada, ele bate. Quando não está no lance, o Chicão cobra. São dois excelentes batedores", comentou o comandante.

Chicão era o artilheiro do Corinthians no início da temporada, mas perdeu tal condição para Ronaldo. O camisa 9 já fez 17 gols neste ano, cinco a mais que Chicão. Os dois estão confirmados no time que encara o Vitória às 21h desta quinta-feira, no Pacaembu.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host