UOL Esporte Futebol
 
07/08/2009 - 07h00

Sem "guardião" Cristian, Chicão e William ganham trabalho extra na zaga

Bruno Thadeu
Em São Paulo
Então acostumada a contar com a proteção do volante Cristian, a dupla de zaga corintiana, composta por Chicão e William, sofreu mudança drástica no setor após o meio-campista se transferir para o Fenerbahce, da Turquia.

FIM DO SOSSEGO NA DEFESA
Thiago Bernardes/UOL Esporte
Saída de Cristian pesou na zaga. Chicão fazia em média, 12 desarmes. Agora são 15
Thiago Bernardes/UOL Esporte
Já William fazia 8 desarmes por jogo, em média, na "era Cristian". Agora são 18
FÃS DE EX-RBD RECEPCIONAM TIME
CORINTHIANS CONTRATA ZAGUEIRO
BARUERI NEGA SAÍDA DE RALF
LEIA MAIS NOTÍCIAS DO CORINTHIANS
Quando tinham Cristian monitorando o sistema defensivo, Chicão e William ficavam "blindados" na retaguarda: faziam menos desarmes durante os jogos do Brasileirão. A paz não reina mais na zaga. Os números evidenciam a quebra da rotina tranquila dos zagueiros.

Até a 12ª rodada do Brasileiro, quando o Corinthians ainda contava com Cristian como primeiro volante (ele se despediu contra o Cruzeiro, no Mineirão), Chicão tinha média de 12 desarmes por jogo, enquanto William desarmava apenas 8 vezes, em média, por jogo, conforme análise do Datafolha.

Após a saída do camisa 6 do Corinthians, Chicão passou a fazer 15 desarmes por jogo. Com William o efeito foi ainda mais "devastador": nos quatro jogos que ele disputou sem Cristian no time, o camisa 4 teve média de 18 desarmes, mais do que o dobro de roubadas de bola durante a "era Cristian".

"O Corinthians sentiu a falta do Cristian, do André Santos e do Ronaldo, que se afastou por contusão. Mas o time está se remontando. O que falta é tempo para essa nova formação se entrosar", minimiza William.

Mais desarmes dos zagueiros significa mais trabalho no setor, refletindo o "buraco" no meio-campo corintiano.

Na derrota contra o Náutico, 1 a 0, na quarta, William cometeu pênalti em Gilmar, que invadiu a área alvinegra sem dificuldade. Na cobrança, o próprio Gilmar marcou o gol que deu o êxito ao time pernambucano. Já o Corinthians amargou o quarto jogo sem vitória.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host