UOL Esporte Futebol
 
01/11/2009 - 18h26

Após derrota e críticas, Alecsandro diz que é hora de união no Inter

Do UOL Esporte
Em Porto Alegre
A derrota para o Botafogo em pleno Beira-Rio, por 1 a 0, neste domingo, praticamente tirou o Internacional da briga pelo título do Campeonato Brasileiro. A atuação da equipe foi severamente vaiada pelos 20 mil torcedores presentes, e para o centroavante Alecsandro, um dos principais alvos das críticas, é hora de manter a união do elenco para seguir tentando se manter nas primeiras colocações.

Numa atuação desorganizada, o time gaúcho não conseguiu reverter o resultado contra o Alvinegro nem depois de ter um homem a mais em campo, já que André Lima foi expulso aos 7min do segundo tempo. "Não adianta querer colocar a culpa na ataque ou na defesa. O time todo perdeu e jogou mal. Não tem essa de culpar um ou outro. As críticas vão vir, é hora da superação, estamos unidos e isso não pode mudar", salientou o jogador.

Parando nos 52 pontos e amargando o segundo revés consecutivo, o Colorado sai do G-4 e termina a 33ª rodada seis pontos atrás dos líderes (São Paulo e Palmeiras). "A gente perdeu a possibilidade de pontuar, sabíamos que com um resultado negativo ficaria difícil. Entramos com o pensamento de vitória e sabemos que foi ruim", lamentou o camisa 9, que foi o titular mais hostilizado.

"O torcedor tem o direito de vaiar. Tentamos, mas o Botafogo fez um gol logo no começo, nem eles esperavam, e ficou difícil", analisou, lembrando do gol de falta anotado aos 2 minutos de confronto. "Se o torcedor sofre, pode ter certeza que nós jogadores sofremos muito mais", acrescentou o atacante.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host