UOL Esporte Futebol
 
01/11/2009 - 10h32

Cruzeiro muda a formação da zaga pelo 5º jogo seguido

Gustavo Andrade
Em Belo Horizonte
Diante do Fluminense neste domingo, às 18h30 (horário de Brasília) no Mineirão, o Cruzeiro terá uma formação diferente na zaga pelo quinto jogo consecutivo. Sem Cláudio Caçapa, que sofreu um estiramento muscular na coxa direita, o técnico Adilson Batista conta apenas com Gil e Thiago Heleno.

Washington Alves/Vippcomm
Washington Alves/Vippcomm
Fábio diz que as mudanças na defesa não tiram a confiança que tem da zaga celeste
ADILSON TEM APOIO DE TORCEDORES
FÁBIO ALERTA SOBRE SEQUÊNCIA
ATHIRSON É NOVIDADE NA RELAÇÃO
LEIA NOTÍCIAS DO CRUZEIRO
Para o goleiro Fábio, a modificação na zaga não prejudicará a equipe. "Para mim, nunca mudou. Independentemente de que jogador entre, o importante é a confiança que eu tenho e a confiança não vem somente das partidas, mas sim do dia a dia e dos treinos. Então, para mim, independente dos nomes, tenho certeza de quem entrar vai fazer um bom trabalho e vamos conseguir manter um bom rendimento", afirmou.

Já o volante Fabrício vê a constante alteração na defesa prejudicial ao entrosamento. "Isso é ruim, porque um dos setores que têm de ter mais entrosamento é principalmente o dos zagueiros. Para fazer linha ou ficar na sobra precisa de entrosamento. Felizmente, a gente tem zagueiros de qualidade, todos que entram dão conta do recado e nosso time continua forte", observou.

Na última partida, contra o Santo André (vitória por 3 a 2), a zaga cruzeirense foi formada por Thiago Heleno e Cláudio Caçapa, já que Gil cumpria suspensão. No jogo anterior contra o Corinthians (vitória por 1 a 0), Caçapa e Gil foram os titulares.

Já na vitória sobre o Botafogo, por 1 a 0, Adilson Batista recorreu ao esquema com três zagueiros. Formaram a zaga cruzeirense Cláudio Caçapa, Thiago Heleno e Gil. A última partida do capitão cruzeirense Leonardo Silva foi o clássico diante do Atlético-MG, vencido pelo Cruzeiro por 1 a 0.
Naquela partida, ele teve a companhia de Gil.

Leonardo Silva se recupera de um estiramento na panturrilha direita desde então. Com a contusão de Cláudio Caçapa, Adilson Batista relacionou apenas Gil e Thiago Heleno para o jogo com o Fluminense. O volante Fabinho é opção para a zaga.

Apesar das mudanças na defesa cruzeirense, o setor tem conseguido bom rendimento. Antes de sofrer dois gols na vitória sobre o Santo André, na última quarta-feira, a equipe não levava gols há quatro jogos, sendo dois deles com a zaga formada por Leonardo Silva e Gil.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host