UOL Esporte Futebol
 
01/11/2009 - 18h03

Palmeiras reage duas vezes, empata com Corinthians e segue líder

Do UOL Esporte
Em São Paulo*
Foi sofrido, mas o Palmeiras conseguiu manter a liderança do Brasileiro. Em um clássico duro e sob forte calor, o time alviverde ficou duas vezes em desvantagem diante do Corinthians, mas mesmo com um jogador a menos buscou o empate por 2 a 2 e conservou a primeira colocação, seguido de perto pelo São Paulo. Ronaldo marcou dois gols, mas Danilo e Maurício deixaram tudo igual na partida realizada no estádio Eduardo José Farah, em Presidente Prudente.

O empate teve sabor de vitória para o Palmeiras e derrota para o Corinthians. O time de Muricy Ramalho mostrou poder de reação duas vezes para somar um ponto e chegar aos mesmos 58 do São Paulo, levando vantagem no saldo de gols (15 a 12). Já os alvinegros vão aos 46 e seguem em posição intermediária.

"No primeiro jogo do ano, o Ronaldo fez o gol no final [no empate por 1 a 1 pelo Paulista] e eles fizeram uma grande festa, derrubaram até o alambrado no empate que teve sabor de vitória. Hoje foi a nossa vez de comemorar o empate, conquistado mesmo com um jogador a menos", festejou Danilo.

PRINCIPAIS LANCES
PRIMEIRO TEMPO
2min - Figueroa chuta rasteiro da direita, fechado, mas Obina não alcança e reclama.
13min - A defesa corintiana desvia cruzamento, Armero pega a sobra na esquerda e, de primeira, manda muito perto da trave de Felipe.
19min - Edu arrisca da intermediária e manda a bola sobre o travessão, na primeira chance real do Corinthians.
31min - Ronaldo domina na entrada da área, vai para cima de Danilo e chuta cruzado, de esquerda. A bola sai pela linha de fundo.
39min - GOOOOOOLLLLLL DO CORINTHIANS!!! Jorge Henrique recebe lançamento perfeito de Defederico, dribla Marcos e é derrubado dentro da área. Após o goleiro ser expulso, Ronaldo bate o pênalti no alto e faz 1 a 0.
SEGUNDO TEMPO
6min - GOOOOOOOOLLLL DO PALMEIRAS!!! Figueroa cobra falta da esquerda e manda na cabeça de Danilo, que desvia com precisão e empata a partida, aproveitando saída equivocada de Felipe.
14min - Balbuena chuta de fora da área e carimba o travessão, dando um susto em Bruno.
20min - GOOOOOLLLLLL DO CORINTHIANS!!! Defederico dá passe preciso para Ronaldo. O camisa 9 engana Bruno com ameaça sutil e conclui de esquerda para fazer seu segundo gol no jogo.
39min - GOOOOOLLLLLL DO PALMEIRAS!!! Figueroa cobra falta com precisão e Maurício aparece sem marcação para decretar o empate em Prudente.
43min - Dentinho recebe da direita e quase da linha da pequena área cabeceia sobre o travessão.
47min -Ronaldo limpa a jogada na entrada da área e finaliza com força, mas a defesa consegue pressionar e fazer o desvio.
CLASSIFICAÇÃO INTERATIVA
MAIS SOBRE O PALMEIRAS
MAIS SOBRE O CORINTHIANS
O resultado ainda ofusca a tarde inspirada da dupla formada por Ronaldo e Defederico. O argentino deu duas assistências perfeitas. Na primeira, Jorge Henrique sofreu pênalti, causou a expulsão de Marcos ainda no primeiro tempo e viu Ronaldo bater o tiro livre. Na segunda, o camisa 9 mostrou sua qualidade em finta sobre Bruno.

"Fomos bem melhores, muito superiores, mas eles estão lá na frente. Uma equipe que lidera tem que ser respeitada, mas o Palmeiras fez dois gols em somente duas chances de bola parada. Não há dúvida que o Corinthians foi superior o jogo todo", lamentou Ronaldo.

A igualdade premia a competência do Palmeiras e de Figueroa na bola parada. O lateral-direito levantou cruzou com perfeição para Danilo e Maurício anotarem de cabeça, aproveitando falhas no sistema defensivo do Corinthians.

O clássico começou duplamente quente. Os termômetros marcavam por volta de 30ºC em Presidente Prudente no início da partida, o que causou preocupação nas duas equipes. Em campo, disputas duras e muitas faltas, parando o jogo com frequência. E a iniciativa nos primeiros minutos foi do Palmeiras.

Sem a bola, o time de Muricy Ramalho adiantou a marcação e tentou sufocar o rival. A proposta do Corinthians no início foi clara: marcar forte atrás e sair no erro adversário. As jogadas mais perigosas do Palmeiras aconteceram pela lateral direita. Em nenhuma, porém, os atacantes conseguiram completar os cruzamentos. Armero quase compensou.

Já a equipe alvinegra sofreu para penetrar na defesa. Ronaldo tentou jogada individual e até achou o espaço. O chute, no entanto, foi para fora. Mas a perfeição só aconteceu com Defederico, aos 36min. O argentino lançou bola perfeita para Jorge Henrique, que invadiu a área, driblou Marcos e sofreu o pênalti. O goleiro, justamente, recebeu o cartão vermelho.

Ronaldo, então, foi para a cobrança diante do reserva Bruno e não perdoou: 1 a 0 Corinthians. "O jogo está cadenciado e muito disputado. São duas grandes equipes. Vamos continuar assim", avaliou rapidamente o Fenômeno no intervalo. Do outro lado, Love mostrou preocupação. "Precisaremos ter ainda mais vontade."

Apesar da superioridade numérica, o Corinthians tomou um duro golpe logo aos 6min da etapa final. Danilo aproveitou cruzamento de Figueroa e falha de Felipe para, de cabeça, deixar tudo igual. O gol animou a equipe de Muricy e a torcida alviverde, mas aí Defederico e Ronaldo voltaram a brilhar.

ANÁLISE DE JUCA KFOURI
Juca
Empate que vale mesmo como vitória, porque vale a liderança depois de um clássico
BLOG DO JUCA KFOURI
Com enfiada precisa do argentino, o camisa 9 enganou Bruno aos 20min e fez seu segundo gol no jogo, o décimo no campeonato. Ele, assim, isolou-se na artilharia alvinegra na competição, deixando Dentinho para trás com oito. O Palmeiras tentou pressionar no final, com Ortigoza e Marquinhos em campo. Mano respondeu com as entradas de Dentinho, Edno e Souza para seguir levando perigo no ataque.

E nesse duelo a competência do Palmeiras na bola parada falou mais alto. Maurício aproveitou a cobrança de falta de Figueroa e, livre de marcação, deixou tudo igual aos 39min do segundo tempo. Dentinho e Ronaldo ainda tiveram as chances de fazer o terceiro, mas não conseguiram. Melhor para o Palmeiras, líder do Brasileiro pela 19ª rodada seguida.

"A gente falhou um pouco principalmente no segundo gol, foi uma bola longa e a gente errou na marcação. E também não poderíamos ter cometido as faltas que originaram os gols", analisou Mano ao fim do jogo. Já a avaliação de Muricy foi positiva. "Nosso time tem alguma limitação, mas não desiste nunca e briga demais. Esse resultado nos dá força para seguir brigando pelo título."

PALMEIRAS 2 X 2 CORINTHIANS

Palmeiras
Marcos; Danilo, Maurício e Marcão (Marquinhos); Figueroa, Jumar, Souza (Ortigoza), Diego Souza e Armero; Obina (Bruno) e Vagner Love
Técnico: Muricy Ramalho

Corinthians
Felipe; Jucilei, Chicão, William e Balbuena (Dentinho); Boquita, Elias, Edu e Defederico (Edno); Jorge Henrique (Souza) e Ronaldo
Técnico: Mano Menezes

Data: 01/11/2009 (domingo)
Local: estádio Eduardo José Farah, em Presidente Prudente (SP)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-PR)
Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP) e Vicente Romano Neto (SP)
Cartões amarelos: Diego Souza, Jumar, Danilo, Vagner Love, Ortigoza (PAL); Chicão, Elias, Edno (COR)
Cartão vermelho: Marcos (PAL)
Gols: Ronaldo, aos 39min do primeiro tempo; Danilo, aos 6min, Ronaldo, aos 20min, e Maurício, aos 39min do segundo tempo

*Atualizada às 19h01 Com um a menos, Palmeiras empatou com Danilo (e) e Maurício (d) e manteve a ponta

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host
    %>