UOL Esporte Futebol
 
02/11/2009 - 11h30

Criticado, Thiago Heleno é defendido por W. Paulista no Cruzeiro

Do UOL Esporte
Em Belo Horizonte
Um dos mais criticados pela torcida do Cruzeiro na derrota para o Fluminense, por 3 a 2, de virada, na noite de domingo no Mineirão, o zagueiro Thiago Heleno recebeu o apoio do atacante Wellington Paulista. O artilheiro do time celeste no Brasileirão com 12 gols disse que o companheiro não teve culpa nos gols sofridos pela equipe.

Divulgação/Vipcomm
Divulgação/Vipcomm
Wellington Paulista diz que Thiago Heleno não teve culpa nos gols sofridos pelo time
W. PAULISTA DISCORDA DE ADILSON
ADILSON DIZ QUE TABELA NÃO É FÁCIL
LEIA MAIS NOTÍCIAS DO CRUZEIRO
"Ele (Thiago Heleno) veio do último jogo com uma dor no pé e conseguiu ajudar a gente, se esforçando ao máximo. Não sei por que vaiaram, mas ele não teve culpa nos gols. Estão pegando no pé dele", observou o atacante, que o segundo gol celeste contra o Fluminense depois de errar uma cobrança de pênalti.

Segundo o artilheiro celeste, que voltou à equipe depois de vinte dias afastado por causa de estiramento na panturrilha direita, disse que se cansou, mas disse que deixou a partida mais cedo por opção do técnico Adilson Batista, que o substituiu por Eliandro aos 21min do segundo tempo.

"Eu cansei um pouquinho, é lógico. Fiquei duas semanas parado, só treinei quatro ou cinco dias e já voltei a jogar. Mas queira continuar em campo. Foi opção do treinador. Ele escolheu me tirar", ressaltou Wellington Paulista.

As constantes lesões são um dos fatores responsáveis pelas constantes mudanças no ataque da equipe durante o segundo turno. Na opinião do atacante, a falta de entrosamento com o equatoriano Guerrón não foi determinante para o mau resultado obtido.

"Ele (Guerrón) tem características um pouco parecidas com as do Thiago (Ribeiro). Só que o Thiago recompõe um pouco mais rápido no meio e o Guerrón fica um pouco mais aberto na ponta, então tenho que conversar mais com ele", ponderou.

"No primeiro tempo a gente conseguiu se entrosar bem. No segundo tempo, menos, até porque passamos para três zagueiros e eu voltava um pouquinho para poder ajudar o Gilberto, porque o professor pediu", explicou o atacante.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host