UOL Esporte Futebol
 
02/11/2009 - 13h43

Horcades diz que renovação com patrocinador do Flu está de "vento em popa"

Do UOL Esporte
No Rio de Janeiro
O patrocínio da Unimed para o Fluminense, que já dura uma década e rende ao clube cerca de R$ 15 milhões por ano, está chegando ao fim. No dia 31 de dezembro próximo terminará o contrato, mas o presidente tricolor, Roberto Horcades, diz ter aberto conversações com o presidente da empresa de plano de saúde, Celso Barros, para renovar a parceria.

Pedro Ponzoni/UOL Esporte 
Pedro Ponzoni/UOL Esporte
Roberto Horcades está confiante na renovação de contrato com o patrocinador
LEIA MAIS NOTÍCIAS DO FLUMINENSE
PÁGINA DO CAMPEONATO BRASILEIRO
Especulações deram conta de que a Unimed não renovaria o patrocínio em razão de supostos problemas que estremeceram o relacionamento de Celso Barros e Roberto Horcades. Mas o mandatário do Fluminense esclareceu que as arestas entre ambos foram aparadas e que o acerto para prolongar o compromisso está indo de vento em popa.

"Começamos o planejamento para 2010. E estamos conversando para renovar o patrocínio, e estamos muito bem. Nós dois, eu e Celso, já assumimos as coisas que aconteceram de errado para que não aconteçam mais. A minha relação com a Unimed sem pré foi a melhor possível", afirmou o presidente Roberto Horcades em entrevista à Rádio Tamoio.

A vitória épica do Fluminense por 3 a 2 de virada sobre o Cruzeiro, no Mineirão, que tirou o clube da lanterna do Campeonato Brasileiro, mas que ainda continua na zona de rebaixamento, em 19º lugar, deu mais fôlego a Roberto Horcades. O presidente acusou a oposição, que pede o seu impeachment, de tentar enterrar o clube.

"Essas pessoas são covardes, que se aproveitam para tumultuar o ambiente. Fizeram de tudo para tentar perturbar, para destruir o Fluminense. Mas vamos resistir porque o clube tam mais de cem anos de história", desabafou o presidente.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host