UOL Esporte Futebol
 
02/11/2009 - 07h00

Sem 'gordura', Palmeiras valoriza liderança em meio a baixas no elenco

Do UOL Esporte
Em São Paulo
O Palmeiras retomou a liderança do Campeonato Brasileiro, mas a vantagem sobre o São Paulo é mínima. Ambos têm 58 pontos, desempatados no saldo de gols (15 a 12). No entanto, a diferença para o vice-líder já foi de cinco pontos. A aproximação dos concorrentes é vista por Muricy Ramalho mais como mérito dos times do que propriamente queda de rendimento do Palmeiras.

Pelas perdas de jogadores do Palmeiras no elenco, a manutenção da liderança é um sinal da força do time nesta reta final de competição, justifica o treinador.

"A gente tem que analisar um pouco as coisas. Se perdemos gordurinha por sorte ou azar. O Palmeiras perdeu três a quatro jogadores que pode fazer a diferença. Lutando com o que a gente tem, não é fácil não. Só de se manter em primeiro é muito bom neste momento do campeonato", comentou Muricy.

"Quando estávamos cinco pontos à frente, eu sempre dizia que o campeonato ia se decidir no final. Isso que está acontecendo, não é nada demais. Está equilibrado", complementou.

Para se manter soberano no Brasileiro mesmo sem poder contar com o zagueiro Maurício Ramos e os meio-campistas Pierre, Cleiton Xavier, o Palmeiras aposta nas jogadas de bola parada, estratégia que Muricy explorou no tricampeonato brasileiro com o São Paulo.

No empate diante do Corinthians, 2 a 2, domingo, em Presidente Prudente, os zagueiros Maurício e Danilo recolocaram o Palmeiras na ponta do nacional. Os dois gols alviverdes nasceram em cruzamentos à área em cobranças de falta.

"Eu sabia que em uma jogada ou bola parada podia empatar o jogo. Foi o que aconteceu. Estou feliz pelo time não desistir nunca. A gente sabe que tem limitação, mas é um time que briga demais. Muita força para buscar esse título", enalteceu Muricy.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host