UOL Esporte Futebol
 
02/11/2009 - 07h06

Syd Oliveira ameniza críticas da torcida e reforça apoio a Hélio dos Anjos

Do UOL Esporte
Em São Paulo
O Goiás completou neste domingo sete jogos seguidos sem vitória no Campeonato Brasileiro e, mais uma vez, a torcida vaiou o time esmeraldino, derrotado em casa pelo Atlético-MG por 3 a 2. Apesar da insatisfação dos fãs, o presidente Syd Oliveira entendeu os apupos como consequência de sonhos frustrados e respaldou o técnico Hélio dos Anjos.

"O torcedor tinha um sonho que está se esvaindo", comentou Oliveira, em referência à queda do Goiás na tabela. Os esmeraldinos poderiam ter assumido a liderança da tabela no início do segundo turno, mas atualmente ocupam a oitava posição da tabela com 47 pontos, 11 a menos em relação ao Palmeiras, primeiro colocado.

O único representante da região Centro-Oeste na primeira divisão nacional não conquista uma vitória na competição desde 27 de setembro, quando bateu o Grêmio por 2 a 1 no Serra Dourada. Desde então, foram sete partidas, com cinco derrotas e apenas dois empates.

Apesar da má fase, Syd Oliveira não vê razões para colocar em risco o cargo de Hélio dos Anjos. "Há pouco mais de um mês ele era ovacionado como um grande técnico do Brasil. Mas futebol é assim mesmo: apaixonado, e não racional. As pessoas alimentam resistência ao treinador, mas ele faz um bom trabalho", analisou.

O Goiás anunciou recentemente a renovação de contrato de Hélio dos Anjos até o final de 2010. O presidente, embora não tenha afirmado que a documentação já está assinada, deu total respaldo para a permanência do comandante.

"O papel é uma mera formalidade; o que vale é a palavra e temos um planejamento para o ano que vem. Não estamos preocupados", assegurou o dirigente. "A renovação não foi unanimidade no clube, mas foi concordada e pertinente", garantiu.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host