UOL Esporte Futebol
 
02/11/2009 - 15h07

Tardelli quer retribuir com gols carinho dos atleticanos, mas pede humildade

Do UOL Esporte
Em Belo Horizonte
Um dos mais assediados por torcedores na chegada da delegação do Atlético-MG, no final da manhã desta segunda-feira, o atacante Diego Tardelli disse que só pode retribuir com gols o carinho da torcida. O artilheiro do Brasileirão, com 18 gols, pregou, no entanto, humildade neste momento decisivo para o time mineiro na competição.

Nelson Almeida/UOL
Nelson Almeida/UOL
Assediado por torcedores, Tardelli disse que meta é levar time ao título e à Libertadores
REAÇÃO ALIMENTA BRIGA POR TÍTULO
ATLETICANOS CONTAM COM TORCIDA
LEIA MAIS NOTÍCIAS DO ATLÉTICO-MG
No desembarque no Aeroporto de Confins, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, Tardelli foi cercado por torcedores, que gritaram seu nome e aproveitaram para tirar foto ao lado do ídolo. "Não dá para esconder que tem esse carinho da torcida do Atlético, o respeito que eu tenho por eles, e só posso retribuir isso para eles com gols ali dentro de campo", observou o atacante em entrevista veiculada pela TV Alterosa/SBT.

Tardelli reassumiu a artilharia do Brasileirão com o gol, em cobrança de pênalti, que deu a vitória ao Atlético sobre o Goiás, por 3 a 2, domingo passado em Goiânia. O atacante atleticano trava um duelo à parte com o Adriano, do Flamengo, que marcou 17 gols.

Apesar de admitir o sonho de ser artilheiro do Brasileiro, Tardelli disse que a prioridade agora é levar o Atlético ao título e à Copa Libertadores 2010. "Estou preocupado em colocar o Atlético na busca pelo título, na vaga da Libertadores, então isso é uma meta pessoal que eu tenho", afirmou o atacante.

Com a vitória sobre o Goiás, o Atlético reassumiu o terceiro lugar com 56 pontos e ficou a dois do líder Palmeiras e do segundo colocado São Paulo. No próximo domingo, o time enfrenta o Flamengo no Mineirão, em confronto direto entre concorrentes ao título. O rubro-negro é o quatro colocado com 54 pontos.

A cinco rodados do encerramento da competição, Tardelli disse que é preciso manter a cautela. "Claro que falta bastante coisa ainda, temos mais cinco jogos. mas quem sabe a gente possa realizar todo mundo junto, feliz, então acho que é manter a humildade, manter os pés no chão, porque a gente só venceu um jogo e ainda tem o jogo de domingo, que a gente pode ficar mais próximo ainda do título", ressaltou o atacante.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host