UOL Esporte Futebol
 
03/11/2009 - 16h45

Após polêmicas declarações sobre arbitragem, Fla divulga nota oficial

Do UOL Esporte
No Rio de Janeiro
As contundentes declarações dadas pelo vice de futebol do Flamengo, Marcos Braz, em relação à arbitragem após o jogo contra o Santos, deram o que falar nos dias seguintes ao triunfo rubro-negro por 1 a 0, no último sábado. Por conta disso, a diretoria divulgou uma nota oficial nesta terça-feira.

CARTOLA E ANDRADE CRITICAM APITO


  • Marcos Braz disse que a arbitragem foi 'canalha'

  • Andrade alfineta: 'algo estranho está acontecendo'

Nela, assinada por Braz, o Flamengo reitera que foi desastrosa a atuação do árbitro Nielson Dias, da federação pernambucana, e afirma que ficará atento a qualquer atitude que considerar suspeita nesta reta final de Brasileirão.

Após o jogo contra o Santos, Marcos Braz disse que a arbitragem foi "canalha", pois marcou dois pênaltis contra o Flamengo na partida. Além dele, o técnico Andrade e os jogadores também se mostraram revoltados com a atuação do árbitro.

"Foi uma arbitragem canalha. Ele [Nielson Dias] não pode fazer o que fez. O árbitro canalha só não resolveu o que queria porque não combinou com o Bruno", declarou no sábado o vice de futebol rubro-negro.

Confira na integra a nota oficial:

Tendo em vista a repercussão de nossas declarações sobre a arbitragem da partida entre o Flamengo e o Santos realizada no Maracanã no último domingo, esclarecemos o que se segue, em nome do Departamento de Futebol:

1. Ratificamos a opinião emitida após o jogo que consideramos absurda e escandalosa a arbitragem.

2. Afirmamos, também, que causa estranheza a punição imposta aos atletas do Barueri que foram impedidos de atuar contra o São Paulo.

3. Estamos atentos aos comportamentos pouco habituais de árbitros e dirigentes, na reta final do Campeonato Brasileiro.

4. Ao afirmarmos que o árbitro não poderia sair impune do Maracanã, direcionamos nossos reclamos às autoridades desportivas e não à torcida.

5. O Flamengo estimula sua torcida para atuar ordeira e pacificamente, como "12º Jogador", e repudia, antecipadamente, qualquer atitude violenta contra árbitros e dirigentes.

Rio de Janeiro, 3 de novembro de 2009

Marcos Braz
Vice-Presidente de Futebol

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host