UOL Esporte Futebol
 
03/11/2009 - 18h46

Autuori confirma proposta do Qatar, mas diz que não é hora de tratar disso

Do UOL Esporte
Em Porto Alegre
O treinador do Grêmio, Paulo Autuori, confirmou em entrevista coletiva no final da tarde desta terça-feira, que recebeu mesmo uma proposta para voltar a trabalhar no futebol do Qatar. A oferta veio do mesmo clube de onde saiu para se transferir para Porto Alegre, o Al-Rayyan, mas que no momento não quer nem pensar no assunto. Além disso, o contato já foi repassado à diretoria do Tricolor, acrescentou ele.

AE
Autuori não trata de possível volta ao Al-Rayyan agora, mas ao final do ano, quem sabe...
LEIA MAIS SOBRE O GRÊMIO
TABELA DO BRASILEIRÃO
"Neste momento estou focado no Grêmio, no que é importante para o nosso grupo, o resto não interessa agora", disse o treinador. Mais do que isso, ele informou ainda que é algo rotineiro estar comandando uma equipe e ao mesmo tempo estarem chegando propostas de outras. Agora mesmo, além do Al-Rayyan "recebi outras sondagens, mas a posição é a mesma, ou seja, não é hora de tratar disso".


Mas, ao mesmo tempo, não fica claro o que pode ocorrer ao final do Campeonato Brasileiro e o treinador,m que tem contrato com o Grêmio até o final de 2010, pode acabar saindo neste fim de ano. Como o próprio Autuori lembrou, "eu tinha contrato no Qatar quando o Grêmio me buscou, então..."

O presidente do Grêmio, Duda Kroeff, confirmou que o contrato do técnico vai até o final do ano que vem, e que "o Paulo Autuori é um profissional de palavra, muito correto". Entretanto, admitiu, há uma multa contratual para o caso de rescisão, e que se essa for paga, não haverá como segurar o treinador. Kroeff só não revelou o valor dessa multa: "É um assunto interno, não quero entrar em detalhes".

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host